Seguidores

quarta-feira, 31 de março de 2010

Feliz Aniversário Chico Xavier






ESPECIAL STUM: Feliz Aniversário, Chico Xavier!



Foi assim: após colocar no ar a tradução de um artigo do colaborador Bruno Gimenes, como de costume, escrevi para a impagável Teresa, que traduzira o texto para o espanhol, agradecendo-a por mais uma preciosa colaboração e, ao mesmo tempo, avisando o autor que seu artigo acabava de ser traduzido e publicado. Na mensagem de resposta ela já se colocava de prontidão para traduzir o especial quinzenal (este que V. está lendo). Respondi que me encontrava sem inspiração, e realmente estava bastante desanimado, pois não lido bem com prazos rígidos, sabendo que sem conseguir fazer a sintonia com a Fonte as coisas complicam, e muito.



No entanto, parece que sempre acontece algo, e o Bruno que leu também sobre meu desânimo, gentil e sincronicamente me colocou no caminho certo, sugerindo-me uma oração que estava em um livro dele que tinha me dado de presente faz pouco tempo. Foi incrível, em poucos minutos localizei a oração, (que está ao final do texto), que li em voz alta. Acabo de ler pela segunda vez; a vibração que agora percorre meu ser é amparadora e aconchegante e agora sei que recebi o que acabo de pedir, estou humilde e firmemente conectado com a Luz e sinto-me em paz, sereno e aliviado, finalmente pronto para escrever.

Mal comecei e a Sandra de repente me sugere falar algo sobre o centenário de nascimento de Chico Xavier (2 de abril)... foi instantâneo; senti como se ele estivesse se colocado ao meu lado, irradiando aquela vibração que tanto me alimentava e me envolvia todas as vezes que tinha a sorte e a felicidade de estar com ele.



O ambiente amplo e confortável do CE União, na Rua dos Democratas, em São Paulo, invariavelmente ficava apinhado de gente. Havia sempre a PM do lado de fora, mas toda vez tudo corria tranqüilo e nada perturbava aquele encontro de almas que procuravam alívio de seus males, notícias de entes queridos falecidos ou simplesmente desejavam permanecer em silêncio respirando aquele ar tão diferente, maravilhoso, indescritível que a todos amparava e consolava ainda antes da chegada do Chico.

Havia pessoas de todo tipo, extração social, idade e sexo. Prevaleciam, e muito, as mulheres, mas havia bastante crianças e eu também levava meu primeiro filho, um garoto com menos de 15 anos e ele permanecia, como a maioria, desfrutando plenamente de tão singulares e mágicos momentos.



Ainda estava tateando no caminho correto, buscando respostas, experiências, algo que me esclarecesse e me permitisse sair um pouco mais da ignorância e da dúvida que sabia serem dois grandes obstáculos...

Com o Chico, o aprendizado foi turbinado e gravado permanentemente em minha alma. Aprendi a lição do amor incondicional que dele emanava em ondas perceptíveis, a disponibilidade em servir, em atender todos os irmãos e companheiros de viagem, ouvi-los e trocar carinho e luz um por um, até o último participante, normalmente quando o sol já tinha raiado no dia seguinte (As sessões começavam por volta das 20hs).Com ele, o termo SENTIR passou a manifestar aquele estado de bem-aventurança, de êxtase, que todos experimentavam na presença dele. É algo que simples palavras seguramente não conseguem descrever... que permanece no brilho dos olhos dos presentes, em cada célula do corpo, no despertar dos sentimentos de Unidade, fraternidade, igualdade, partilhados com espontaneidade; uma visão prévia do que é possível alcançar globalmente num futuro próximo.



Assim, começavam a cair as fichas... e temas como reencarnação, a vida após a morte, a missão de vida, a mediunidade, a escrita automática, o contato aberto, direto e reto que Chico tinha com o plano espiritual me fascinaram e se tornaram algo muito real, além de crenças e dogmas...

Ver o Chico (não sei se ele estava olhando para a mulher esperançosa ou para o rapaz desencarnado que possivelmente também se encontrava presente) fornecendo à mãe toda sorte de informação serena e conforto espiritual, simplesmente não tem preço. E eu também recebia minhas dicas preciosas, enquanto ele segurava com firmeza minha mão... até o dia em que, muito enfraquecido e com dificuldade de falar e psicografar, (a última vez que falou comigo), pedi ajuda aos diretores do Centro -o Galves e Nena-, e ele me disse: "Sergio, também não entendo o que ele fala, mas sua alma está recebendo a informação!".



Naquela Casa da Luz, costumávamos receber presentes diferentes para a vida toda e um deles (nunca antes divulgado) foi, por intermédio do saudoso amigo grafólogo Francisco Piragine, quando da descoberta que, entre os textos psicografados pelo Chico, havia alguns de clientes já falecidos, cuja letra se encontrava em seu enorme arquivo.

Era impressionante verificar as duas escritas. Praticamente, todos os aspectos da análise eram idênticos, faltando somente um pouco de "espacialidade" na letra, algo que se refere a esta nossa dimensão onde os membros se apóiam firmemente na terra, e que certamente não encontramos no plano sutil.



Sim, o querido Chico ensinou, demonstrou tantas coisas que permitem REALMENTE ver o quanto estamos próximos da dimensão espiritual, grudados, podendo senti-la, quase apalpá-la de tão perto que está. Provavelmente, este plano interpenetra o nosso carregado e denso espaço terreno. Está tudo aqui mesmo... não precisamos de asas para chegar lá... basta correr atrás da verdade e do bem com afinco, descobrir, avançar na caminhada e a cada dia um pedacinho de amor e de informação poderá ser conquistado, incorporado à nossa alma e espalhado à nossa volta... um pouquinho de cada um de nós vai acabar fazendo uma bela diferença.



O exemplo está aí, em nosso Irmão Francisco; um coração enorme, capaz de juntar, de congregar amorosamente tantas outras almas e mentes em eventos tão especiais (faltam as palavras) que ninguém nunca conseguirá esquecer... jamais.O convite do Irmão Xavier é para que neste e em outros momentos possamos, sim, também fazer uma sintonia de Luz com ele, entrar em seu campo, absorver toda aquela energia de amor, paz, unidade e espalhá-la generosamente ao nosso redor... dia após dia... até o momento de voltar para a casa do Pai.

Procure experimentar, sentir e se perceber que deve, anime-se e passe para a frente esta vibração tão suave... V. também. Vale a pena!



Confira a seguir a oração do Bruno: "Eu sou nós", que faz parte do inspiradíssimo livro "Evolução Espiritual na Prática" da Editora Luz da Serra. Vale imprimir o texto e deixar à vista ao lado do monitor, como eu fiz.



Eu Sou Nós



Meu Pai!

Agora eu não quero pedir nada, apenas existir, no aqui e no agora!

Cansei de pedir, cansei de reclamar, cansei de emoções perturbadas. Por isso, agora, sintonizo-me com o Seu coração, na tentativa de me purificar de antigos hábitos densos.

Ilumino-me quando tolero, perdoo, aceito e amo. Mesmo assim, não tenho conseguido agir sempre assim. Por isso, entrego-me, agora, ao pulsar do Seu coração.



Quero agora ser uno Contigo! Cansei de me separar da Sua Luz! Cansei de aprender pela dor.

Não aguento mais a minha vaidade, intolerância e cegueira. Quero enxergar através dos Seus Olhos, quero amar através do Seu coração e respirar pelos Seus pulmões.

Essa separação me cansa, essa ilusão me trai, essa ganância me adoece... Chega! Não quero mais nada além de viver baseado na Sua vontade. Sua Luz está em mim e neste momento permito-me senti-la em todo Seu esplendor. Seu Amor está em mim!



Permito-me agora expressá-lo e usá-lo como antídoto para todo meu sofrimento...

Pai... Me ensina a ser melhor...

Pai... Toma as rédeas da minha vida e me ensina a ser conduzido, a aceitar Sua tutela...



Pai... Rompe minha arrogância, aniquila meu controle e abre meu coração...

Não quero mais viver separado, não quero mais que minha vontade seja diferente da Sua...



Quero, hoje, agora e sempre, viver a consciência clarificada, pela ação do Seu Amor.

Eu agora Sou Nós...

Eu Sou Nós...

Eu Sou Nós...

Porque Nós Somos a Luz que o mundo precisa. Porque Nós Somos a Consciência que o mundo carece. Porque sempre que sofro é porque sou o Eu e não sou o Nós...



Nós Somos abundantes e ilimitados. O Eu é limitado e sofredor!

Nós Somos o Universo em expansão amorosa!

O Eu sozinho é decadente e cego.

Eu só sou completo e iluminado quando Sou Nós.

Somos um Só.

Eu sou Nós! Eu sou Nós! Eu sou Nós!



Agradeço aqui os meus queridos e pacientes Guias e mais a turma toda que permite que o site exista: Rodolfo, Sandra, Teresa, Marcos, Anderson, Lidiane... e Você!

Sim, somos um só. Eu sou o outro Você.

Sergio - STUM

Esse texto foi reproduzido na íntegra e pertence ao site  http://somostodosum.ig.com.br

CRIANÇAS USADAS POR TRAFICANTES


Lá se vai dona Maria, pé no chão barriga vazia


Catando latinhas e papelão

Hoje tem que voltar pra casa

Com bastante dim dim na mão

O povo da boca

Hoje vai fazer o acerto

Três dos seus oito filhos

Estão devendo de montão

Ela sabe que se não pagar

Passam o rodo sem compaixão

Já tem tempo que nem dá pra contar

Que todo dinheiro da casa

Vai todo para o desgraçado

Que fornece o bagulho

Seus filhos na favela

“é os avião”

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 28 de março de 2010

Borboletas Verdes


Hoje não escreverei poemas nem crônicas... nada


Soltarei as minhas fadinhas borboletas

Verdes e serelepes

E que as mesmas levem meu carinho

A todos que amo, respeito e admiro

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

sexta-feira, 26 de março de 2010

27 de março de 2010 Corrente Universal Pelo Planeta - Vamos Orar Juntos

Deus tem o controle absoluto sobre nossa vida, sobre tudo e todos. Ele é o criador de todos os seres viventes e está no controle de todas as coisas como, a duração de sua vida, o números de fios de cabelo em sua cabeça e até mesmo quando um pardal cai no chão.

Esse pensamento só é confortante se você compreende totalmente a soberania de Deus. Quando, porém, as tragédias acontecem ou quando a injustiça parece triunfar, nos perguntamos: Onde está Deus? Por que ele deixou isso acontecer?

Deus está sempre pronto a nos ajudar, mais é engraçado que a maioria das vezes só O procuramos quando estamos desesperados, quando parece que nada tem solução, aí então lembramos de olhar pra cima e pedir. Mas, mesmo que seja somente nos momentos de desespero é necessário que peçamos a misericórdia Dele por nós e por toda a humanidade.

Amanhã dia 27 haverá uma corrente universal em prol de nosso Planeta. Não somente devemos apagar as luzes mas, acende-las em nossos corações.

Imaginem naquela hora se TODOS os seres que habitam a Terra fizessem uma oração para o bem comum!!! É uma força indescritível, e muitas catástrofes seriam evitadas.

Medite nisso, e lembre-se Deus ama você e lhe quer bem mas, é preciso que você peça. É preciso que você coloque em AÇÃO a Luz (OR). OR em hebraico significa Luz Superior. Então a OR + AÇÃO é a oração que devemos fazer todos os dias de nossas vidas. E quando há uma corrente, a força desta oração se triplifica, portanto, vamos aproveitar a grande oportunidade, em que milhares de pessoas estarão unidas na "Hora do Planeta" amanhã, dia 27 e colocar em ação as nossas preces para a salvação de nossa Terra. Orem comigo:









Senhor, em nome de Melkisedeki, do Espírito Santo e em nome de Jesus, seu Filho Unigênito, pedimos misericórdia para nossas vidas. Coloques a compreensão na mente dos homens que governam as nações e que tomam as grandes decisões sobre o destino de nossa Terra. Fazei Senhor que eles compreendam que este é um lugar que não nos pertence, que estamos aqui somente de passagem, posto que não temos controle sobre o destino que Traçastes para nós. Mas, temos sim, o direito de pedirmos misericórdia, o direito de pedirmos perdão pelas nossas falhas, o direito de nos redimirmos. Que a mente destes governantes deixem de imaginar que o poder pode resolver todas as coisas. Porém, o que é o poder sem o controle de nossas vidas? Fazei-os compreender que somente Vós tem o controle de TUDO neste Planeta. Que nem uma única pedra se move se não for a Sua vontade Senhor! Estes homens vivem na ilusão de que comandam os nossos destinos, mas quem está no comando és Tu Senhor!

Por isso te pedimos Pai, para transmutar a ânsia do "ter" e a vaidade do "poder" em vontade de "querer" transformar esta Terra em um lugar agradável para se viver. Amém, amém e amém!!!.


Entenda o Aquecimento Global





O que é aquecimento global?


O aquecimento global é resultado do lançamento excessivo de gases de efeito estufa (GEEs), sobretudo o dióxido de carbono (CO2), na atmosfera. Esses gases formam uma espécie de cobertor cada dia mais espesso que torna o planeta cada vez mais quente e não permite a saída de radiação solar.



O que é efeito estufa?

O efeito estufa é um fenômeno natural para manter o planeta aquecido. Desta forma é possível a vida na Terra. O problema é que, ao lançar muitos gases de efeito estufa (GEEs) na atmosfera, o planeta se torna quente cada vez mais, podendo levar à extinção da vida na Terra.



Quais as causas das mudanças climáticas?

As mudanças climáticas, outro nome para o aquecimento global, acontecem quando são lançados mais gases de efeito estufa (GEEs) do que as florestas e os oceanos são capazes de absorver.



Como são lançados os gases de efeito estufa?

Isso acontece de diversas maneiras. As principais são: a queima de combustíveis fósseis (como petróleo, carvão e gás natural) e o desmatamento (no Brasil, o desmatamento é o principal responsável por nossas emissões de GEEs).



Quais os efeitos do aquecimento global?

São várias as conseqüências do aquecimento global. Algumas delas já podem ser sentidas em diferentes partes do planeta como o aumento da intensidade de eventos de extremos climáticos (furacões, tempestades tropicais, inundações, ondas de calor, seca ou deslizamentos de terra). Além disso, os cientistas hoje já observam o aumento do nível do mar por causa do derretimento das calotas polares e o aumento da temperatura média do planeta em 0,8º C desde a Revolução Industrial. Acima de 2º C, efeitos potencialmente catastróficos poderiam acontecer, comprometendo seriamente os esforços de desenvolvimento dos países. Em alguns casos, países inteiros poderão ser engolidos pelo aumento do nível do mar e comunidades terão que migrar devido ao aumento das regiões áridas.


Como o desmatamento influencia na mudança do clima?

Ao desmatar, muitas pessoas queimam a madeira que não tem valor comercial. O gás carbônico (CO2) contido na fumaça oriunda desse incêndio sobe para a atmosfera e se acumula a outros gases aumentando o efeito estufa. No Brasil, 75% das emissões são provenientes do desmatamento.

Quais as soluções para combater o aumento do efeito estufa?

Existem várias maneiras de reduzir as emissões dos gases de efeito estufa. Diminuir o desmatamento, incentivar o uso de energias renováveis não-convencionais, eficiência energética e a reciclagem de materiais, melhorar o transporte público são algumas das possibilidades.



O que é eficiência energética?

Eficiência energética é nada mais que aproveitar melhor a energia sem desperdiçá-la. Por exemplo, quando se diz que uma lâmpada é eficiente, isso quer dizer que ela ilumina o mesmo que as outras, consumindo menos energia. Ou seja, mesma iluminação, com menos gasto de energia.



O que são energias renováveis não-convencionais?

São energias que não vêm de combustíveis fósseis (como petróleo e gás natural) e também não inclui a hidroeletricidade. As energias renováveis não-convencionais mais conhecidas são a solar, onde se aproveita a luz e o calor do sol para gerar energia, a biomassa, oriunda mais comumente do bagaço da cana-de-açúcar e a eólica, dos ventos.



O que é Convenção do Clima?

É uma reunião anual da Organização das Nações Unidas (ONU) onde os países membros discutem as questões mais importantes sobre mudanças climáticas. A primeira convenção mundial aconteceu em 1992. O nome oficial do evento é Convenção-Quadro da Nações Unidas sobre Mudanças do Clima (UNFCC, sigla em inglês).



O que é Protocolo de Quioto?

É o único tratado internacional que estipula reduções obrigatórias de emissões causadoras do efeito estufa. O documento foi ratificado por 168 países. Os Estados Unidos, maiores emissores mundiais, e a Austrália não fazem parte do Protocolo de Quioto.



O que é Fundo de Adaptação?

Um mecanismo financiado pelos países desenvolvidos para que os países em desenvolvimento possam lidar com os efeitos das mudanças climáticas. Hoje, cada projeto de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) paga 2% do seu valor para este Fundo, mas o dinheiro ainda não está sendo empregado.



O que é MDL?

Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) é um instrumento criado para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa. Mas, para compreender melhor o que isso significa é preciso voltar ao ano de 1997, quando a comunidade internacional fechou um acordo para reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa, o Protocolo de Quioto. Neste mecanismo da Convenção do Clima, os países desenvolvidos têm até 2012 para reduzir suas emissões em 5,2% tomando como base o ano de 1990. Além de cortar localmente suas emissões, os países desenvolvidos podem também comprar uma parcela de suas metas em créditos de carbono gerados em projetos em outros países. A Implementação Conjunta garante créditos obtidos de países desenvolvidos e o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) permite que estes créditos venham de países em desenvolvimento, como o Brasil.


Esse Texto pertence em sua íntegra ao site http://www.horadoplaneta.org.br/clima.php

Obs: O mundo todo reunido em prol da salvação do nosso planeta, veja o horário na sua cidade, as Prefeituras de todos os Municípios Brasileiros aderiram a idéia, aqui na minha cidade Rio das Ostras, rio de Janeiro as luzes se apagarão na Ponte principal da cidade, faça a sua parte juntos poderemos salvar o planeta.

Elsy Myrian Pantoja

quinta-feira, 25 de março de 2010

O AMOR QUE CURA



Acordar pra vida


Curar as feridas

Com o balsamo do amor

Desfazer as amarras

Remover as pedras do caminho

Com gargalhadas de alegria

Semear flores no jardim da alma

E ve-las desabrochar lindas e perfumadas

Sentindo a beleza do jardim em mim

Estar com quem amo

Esquecer definitivamente quem me fez o mau

Hoje estou em estado de graça

Porque de fato quando queremos

O universo conspira a nosso favor

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

segunda-feira, 22 de março de 2010

Ventos de Amor




Queria ser o vento

E invadir a tua janela

Levando meu amor ao teu coração

Queria ser a brisa fresca da manhã

E lamber tua pele

Fazendo-te sentir desejado por mim

Queria ser uma ventania

Levando as magoas do passado

Que te fazem sofrer ainda

Queria ser um furacão

E sair arrastando pra bem longe

Tudo que possa interferir na tua

Na nossa felicidade

No nosso amor

 
 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Ganhei mais um mimo, do blog Penso Logo Existo

Queridos(as) vejam que lindo selinho ganhei da Marcia do blog


“Penso, logo existo e da Dinda Lê, do blog “Mimos da Lê”!!!

Minha gratidão a Marcia!!!!!

domingo, 21 de março de 2010

Airton Sena Faria 50 anos - 21.03.2010




Ayrton Senna faria hoje 50 anos: O homem e o mito
O triplo campeão do Mundo de fórmula 1, Ayrton Senna da Silva faria hoje 50 anos. Dezasseis anos depois do acidente que o vitimou em Imola, naquele fatídico 1 de Maio que marcou para sempre a F1, Ayrton Senna continua a ser um mito do desporto, que alimenta paixões e polémicas no mundo inteiro. De forma a marcar a data do 50º aniversário do seu nascimento, a 21 de Março de 1960, o AutoSport recorda algumas das imagens que marcaram a sua carreira.
O ano passado, a AutoSport recordou os 15 anos do desaparecimento do ídolo, e na altura Luís Vasconcelos recordou alguns momentos da sua bem preenchida carreira:


"Da mesma forma como todas as pessoas da geração anterior à minha se lembrarão para sempre onde estavam, quando souberam da morte do presidente Kennedy, todos os que são da minha geração se recordarão do que estavam a fazer quando souberam que Ayrton Senna tinha morrido."


Quinze anos depois de ter escrito esta frase ela parece-me ainda mais verdadeira do que na altura em que me saiu das mãos para a máquina de escrever. O impacto a nível mundial do acidente fatal do piloto brasileiro ultrapassou em muito as barreiras do desporto automóvel, transformando aquele que era, na altura, o piloto mais popular num mito de carácter global.

Para muita gente a F1 acabou no primeiro dia de Maio de 1994, quando Ayrton Senna morreu em Imola; mas para muitos outros, começou nesse dia, pois a divulgação do acidente em todos os cantos da Terra fez com que gente que nunca se interessara pela F1 decidisse ver as corridas seguintes. Boa parte deles acabaram por se tornar adeptos dum desporto de que mal tinham ouvido falar até então.


Ainda no ano passado uma jovem jornalista inglesa, no seu segundo Grande Prémio, me disse ser um desses casos: "Nunca tinha visto uma corrida nem ao vivo nem na televisão, nem tinha interesse nenhum por qualquer desporto. Tinha 14 anos quando o Senna morreu e falou-se tanto disso em todos os canais, em todos os jornais e revistas, que duas semanas depois vi o GP do Mónaco e fiquei apaixonada por este desporto. A minha maior pena, a nível profissional, será sempre a de nunca ter visto o Senna correr!"


Nesse Grande Prémio do Mónaco de 1994, marcado pelo violento despiste de Karl Wendlinger, que passou 17 dias em coma mas fez uma recuperação total, faltaram caras habituais no paddock, algumas dezenas despediram-se dos amigos e abandonaram a F1 para sempre, outros partiram com essa mesma intenção mas regressaram ao nosso convívio dois ou três anos mais tarde.


O fotógrafo pessoal de Senna e seu amigo Norio Koike, foi dos que voltaram, "porque o Ayrton amava este desporto mais do que qualquer outra coisa e abandoná-lo porque não suportava estar aqui sem o meu amigo foi um acto de egoísmo da minha parte."


Nem ano nem demónio


A morte dum ídolo, mais a mais de forma violenta e quando ainda na plena posse das suas qualidades tende a levar a um endeusamento por parte dos seus fãs e o falecimento de Ayrton Senna teve nos anos 90 o mesmo efeito que a morte de James Dean teve na geração anterior. Ambos jovens, intensos, com um carisma extraordinário, Senna e Dean eram ídolos à escala mundial, o americano no período em que o cinema de Hollywood conheceu o seu primeiro grande "boom" a nível mundial, depois da 2ª Grande Guerra, o brasileiro no momento em que a F1 passou a ser um desporto global, ultrapassando finalmente as fronteiras da Europa, nos anos 80 e 90.


Sendo um elemento polarizador de paixões em vida, Senna dividiu ainda mais os adeptos da F1 depois da sua morte. Do endeusamento feito pelos seus muitos adeptos à diabolização feita pelos que apoiavam os seus principais rivais, as reacções extremaram-se, acabando por reflectir de forma clara o conceito que o brasileiro tinha das pessoas e do Mundo. Para Senna era impossível estar com ele e ser amigo de Prost ou Piquet, por exemplo.


Michael Schmidt, para mim o mais independente de todos os jornalistas de F1 dos últimos 25 anos e dos melhores informados de sempre, recorda que, "o Ayrton sempre foi aberto e franco comigo até que um dia me viu a falar amigavelmente com o Nelson Piquet. Deixou logo de me falar, sem que eu percebesse porquê e durante algumas corridas, mas as coisas, pouco a pouco, voltaram ao normal. Anos depois a situação repetiu-se com o Prost e ele voltou a afastar-se, desta vez por muito mais tempo. Só no seu último ano e meio de vida voltamos a ter um relacionamento normal, quando ele percebeu que por questões profissionais tenho de manter boas relações com todos os pilotos, pois só assim terei independência para os elogiar ou criticar. Foi o único piloto que me fez uma coisa daquelas, mas ele era mesmo diferente de todos os outros."


Tendo trabalhado com ele, mesmo que por pouco tempo, Patrick Head tem uma visão muito pragmática sobre quem era o homem Ayrton Senna: "Antes de mais nada ele tinha uma aura pessoal que não deixava ninguém indiferente e no Brasil era reverenciado como um Deus. Fico sempre com pena do Barrichello quando penso nos dois, porque ele foi sempre maltratado pelos seus compatriotas só porque não era igual ao Ayrton. Mas mais ninguém era, pois não?

O Ayrton era um competidor implacável, que nunca desistia, que nunca se rendia e ganhou muitas corridas sem ter o melhor carro. Mas também perdeu algumas em que tinha o melhor carro! O que o distinguia mesmo dos outros pilotos era o seu carisma, a sua determinação e as suas profundas convicções religiosas que fizeram com que ele acabasse por ser maior que o desporto que o consagrou. Mas tanto quando estávamos em lados diferentes da barricada como quando trabalhamos juntos nunca vi laivos de santidade ou diabólicos nos seus actos: ele era apenas um desportista de grande nível que fazia tudo o que estivesse ao seu alcance para atingir o melhor resultado possível em todos os momentos."


Atenção aos detalhes


Se Lauda era o "Computador" e Prost o "Professor", Ayrton Senna foi o primeiro piloto a dar atenção a todos os detalhes que poderiam fazer a diferença na sua pilotagem. A sua procura da perfeição nunca terminou, como recorda Adrian Newey: "Lembro-me que quando ele chegou à F. 1 vigoravam os turbo e ele encontrou uma maneira de manter as rotações em alta e de baixar o tempo de resposta dos motores, que era o grande problema da altura, pois a tecnologia turbo ainda não estava muito desenvolvida. Parecia ter três pés, pois embraiava e travava ao mesmo tempo que dava sucessivos toques no acelerador e isso fez muita gente dizer que no dia em que acabassem os turbo ele seria um piloto como outros.


Mas quando baniram os turbo ele continuou a ser o mais veloz, pelo menos em qualificação, que sempre foi o ponto forte, porque trabalhou depressa e bem para aprender a tirar o máximo partido dos motores atmosféricos! As suas qualidades não eram quantificáveis, e sabes que eu tento sempre quantificar as coisas: a sua independência de espírito, a sua auto-confiança inabaláveis e a total incapacidade de aceitar que podia ser batido é que o tornavam, de facto, num personagem especial."


Esse carisma, essa auto-confiança fizeram de Ayrton Senna o tal ídolo em vida, que se transformou em mito depois da morte. Centenas de crianças japonesas, nascidas na segunda metade do anos 90, viram os pais dar-lhes o nome de Senna - porque para Ayrton não havia um carácter japonês - que não era aceite no pais do Sol Nascente até ao primeiro dia de Maio de 1994. A sua forma vibrante, emocionada, franca de comunicar, tanto quando abria o coração como quando exprimia a sua cólera, apaixonaram os nipónicos, tradicionalmente pouco dados a exprimirem emoções. Também por isso, o Japão continua a ser, depois do Brasil, o país onde o mito Senna está mais vivo. Mas o brasileiro ainda é uma referência a nível global, continuando a dividir os adeptos mais antigos da F1 de forma bastante apaixonada.


Luís Vasconcelos

Parabens ao Blog da minha amiga Marcia


sexta-feira, 19 de março de 2010

Dias dos Blogueiros




Hoje quero homenagear as minhas parceiras blogueiras, cuja amizade vai além muito além de uma simples parceria, ao longo do tempo e olha que não foi muito, fomos criando laços cada vez mais fortes de amizade e confiança, nossas senhas e emails nos pertecem, confiamos na lealdade, sinceridade e honestidade que pauta o nosso trabalho. Amo os mimos que recebo, adoro as gargalhadas no msn quando nos juntamos pra falar besteiras, amo trabalhar e partilhar minhas alegrias com vocês minhas fadinhas amadas que me ajudam no meu dia a dia, sabendo do pouco tempo que tenho para me dedicar como deveria aos blogs que administro. Minhas fadinhas hoje meu texto é para vocês juntamente com meu amor de irmã que as preza e respeita. Que Deus em sua infinita bondade nos proteja da inveja e de tudo que possa interferir nesse amor imenso que nos une: Para Você Isabel Torquato, para você Marcia Grega, para você Livia Where, para você minha borboletinha amada Lecy a caçula do grupo. Juntas unidas e confiantes que a amizade é doação e compartilhar o conhecimento vamos continuar com nossas atividades preferidas. Meu amor pra vcs.

Elsy Myrian Pantoja

Amor é Emoção, Razão e a Ação


Hoje posso dizer


Que sou uma pessoa alicerçada

Em bases sólidas e firmes

Fiz boas escolhas para mim e minha família

Limpei a janela do meu coração

E isso me deu a oportunidade

De perceber que a felicidade estava logo ali

Removi o mofo de antigas decepções

Arejei a alma com atitudes positivas

E decisões acertadas e bem pensadas

Estou vivendo um bom momento

E todos tem essa oportunidade

Basta querer e ter coragem de experimentar o novo

Meu futuro depende do que estou fazendo agora

E o embasamento de minhas decisões

Chama-se amor

Amor fraternal

Amor maternal

Amor incondicional

Amor paixão, amor entrega

Amor confiança de que Deus

Conduz nosso destino

Quando agimos equilibrados entre a razão e o coração



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mais Um Mimo: Blog Excelência /Aprovado



Foi uma honra ser indicada para receber este Selo, isso valoriza ainda mais o nosso trabalho.



Selo de Qualidade Blog de Excelência
Obrigada a amiga Marcia do Blog:

http://marciagrega.blogspot.com/



Regrinhas:

Deixe o link do Blog que te enviou o Selo

Diga porque seu Blog é um Blog de Excelência

Indique 7 Blog's que você considere de Excelência

Gostaria muito de poder oferecer a todas Vocês!

Mas estou seguindo como me foi passado


Blogs que indico:

http://eternamente-isabeltorquatobatista.blogspot.com/
http://jahevida.blogspot.com/
http://jardimdosgirassois.blogspot.com/
http://driccakastrup.blogspot.com/
http://butterfliesle.blogspot.com/
http://muitoalemdemim.blogspot.com/
http://alinecoisasparablogger.blogspot.com/

Creio que a excelência do meu Blog me fez merecedora dessa indicação, meu trabalho é feito com amor e responsabilidade, levando amor, romantismo boa música e textos informativos.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Descontrução ( eu já passei por isso)




Quando a gente conhece uma pessoa, construímos uma imagem dela. Esta imagem tem a ver com o que ela é de verdade, tem a ver com as nossas expectativas e tem muito a ver com o que ela "vende" de si mesma. É pelo resultado disso tudo que nos apaixonamos. Se esta pessoa for bem parecida com a imagem que projetou em nós, desfazer-se deste amor, mais tarde, não será tão penoso. Restará a saudade, talvez uma pequena mágoa, mas nada que resista por muito tempo. No final, sobreviverão as boas lembranças. Mas se esta pessoa "inventou" um personagem e você caiu na arapuca, aí, somado à dor da separação, virá um processo mais lento e sofrido: a de desconstrução daquela pessoa que você achou que era real.

Desconstruindo Flávia, desconstruindo Gilson, desconstruindo Marcelo. Milhares de pessoas estão vivendo seus dias aparentemente numa boa, mas por dentro estão desconstruindo ilusões, tudo porque se apaixonaram por uma fraude, não por alguém autêntico. Ok, é natural que, numa aproximação, a gente "venda" mais nossas qualidades que defeitos. Ninguém vai iniciar uma história dizendo: muito prazer, eu sou arrogante, preguiçoso e cleptomaníaco. Nada disso, é a hora de fazer charme. Mas isso é no começo. Uma vez o romance engatado, aí as defesas são postas de lado e a gente mostra quem realmente é, nossas gracinhas e nossas imperfeições. Isso se formos honestos. Os desonestos do amor são aqueles que fabricam idéias e atitudes, até que um dia cansam da brincadeira, deixam cair a máscara e o outro fica ali, atônito.

Quem se apaixonou por um falsário, tem que desconstruí-lo para se desapaixonar. É um sufoco. Exige que você reconheça que foi seduzido por uma fantasia, que você é capaz de se deixar confundir, que o seu desejo de amar é mais forte do que sua astúcia. Significa encarar que alguém por quem você dedicou um sentimento nobre e verdadeiro não chegou a existir, tudo não passou de uma representação – e olha, talvez até não tenha sido por mal, pode ser que esta pessoa nem conheça a si mesma, por isso ela se inventa.

A gente resiste muito a aceitar que alguém que amamos não é, e nem nunca foi, especial. Que sorte quando a gente sabe com quem está lidando: mesmo que venha a desamá-lo um dia, tudo o que foi construído se manterá de pé.



Martha Medeiros



" As mascaras vão cair e tudo que você vestiu agora você vai despir"

Obs: Muito cuidado com as relações virtuais, se a pessoa com quem você está teclando no MSN se negar a mostrar uma foto, ou não quer aparecer na web cam, desconfie imediatamente do outro  lado pode está o oposto do que você imagina.

AMAR DÓI


Amar dói...


Quando a distancia se faz necessária

Dói...

Quando quero vinho e ele cerveja

Dói...

Quando quero peixe e ele churrasco

Dói...

Quando uso meus decotes e ele morre de ciúmes

Dói...

Quando eu quero a serra ele quer a praia

Dói...

Quando quero ler e ele ver um filme

Dói...

Mas tudo passa quando aflora o desejo

E os beijos saram as dores

Com amores e gozos infindos

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 14 de março de 2010

Dia da Poesia



Poesia é navegar em mar plácido



Poesia é navegar em mar revolto








Poesia é vislumbrar o amor no seu ápice sem pudores








Poesia é a expressão máxima de nossos sentimentos, quando colocamos no texto o que nos vai na alma de forma pura e sem preconceitos. Aos meus amigos Poetas todo meu amor carinho e admiração. Bjus Poético




Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

MOMENTO FELIZ 3.000 VISITAS

Leve-me com você!








Agradeço e compartilho com minhas blogueiras parceiras, meus leitores assíduos esse momento de felicidade. Este Blog é jovem tem apenas 6 meses e com postagens em sua maioria exclusivamente minhas, isso me dá a certeza que estou no caminho certo, levando otimismo, romantismo, escrevendo o amor e falando do amor. Sempre defendi a idéia que um trabalho só se solidifica e prospera quando trabalhamos em equipe e a minha é nota mil. Aos leitores de todos os países o meu agradecimento pela vinda e pelo retorno várias vezes, Meu amor e agradecimento a todos e vamos caminhando aos 4.000 com a Graça de Deus.

Elsy Myrian Pantoja
Selinho by Marineide

sábado, 13 de março de 2010

A vida é bela nós que fornicamos ela



Sinto paz quando meu coração me diz que meus atos perante Deus, família, amigos e colegas de trabalho são positivos, sou do tipo que, “se não posso ajudar atrapalhar jamais”, adoro ajudar meus parceiros seja no trabalho, na internet ou de que forma for e nunca ponho valores financeiros nisso, faço porque gosto. Sei que todos nós temos limitações e se minha colaboração é útil, porque não ficaria a dispor dos amigos. Também peço ajuda quando preciso, a vida é uma eterna parceria e quando nos damos as mãos a trilha fica mais fácil de desbravar. Nesse contexto só temos que ter cuidado com alguns espertinhos (graças a Deus são poucos) que se aproximam de nós e só trazem problemas, no mais a vida é bela nos é que fornicamos ela.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

NAVEGAR É PRECISO - Marcelo Daimon












Com esse Vídeo maravilhoso, do meu amigo pessoal Marcelo, desejo a vocês um excelente fim de semana, Marcelo é um grande interprete e compositor, somos amigos há muito tempo e agora estará sempre com seus trabalhos em meus blogs, espero que gostem copiem e divulguem, ele merece por ser uma pessoa maravilhosa um grande amigo e um grande irmão. Bjus de Paz

quinta-feira, 11 de março de 2010

E o Amor Nos Salvou



Houve um tempo que

Uma onda cruel no mar revolto

Tombou o meu barco

Mas a minha garra me fez forte

Sobrevivi e fui jogada na areia

Atordoada pela brutalidade do incidente

Eis que avisto outro naufrago

Tão maltratado pelas ondas quanto eu

Caminhamos em direção um do outro

Nos demos às mãos

Unimos nossas forças, almas e corações

E colocamos nosso barco no mar novamente

Aceitamos o desafio, e estamos navegando

Em águas plácidas de um azul puro

Como nosso jeito de amar.


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quarta-feira, 10 de março de 2010

terça-feira, 9 de março de 2010

AMO-TE




Faço versos pra você

E não dá pra esconder

Que todos os seus beijos

Nos meus lábios quero ter



Nas diferenças que nos une

Temos sempre a esperança

De vivermos sempre juntos

E essa espera jamais cansa



Amor da minha vida

Você é o meu bem querer

Minha proposta nascida

De te amar enquanto eu viver

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 7 de março de 2010

Maya Angelou




BREVE BIOGRAFIA


Maya Angelou é talvez a figura mais vibrante da poesia contemporânea nos Estados Unidos. Nascida Marguerite Johnson em 1928, foi violentada pelo namorado da mãe quando tinha 7 anos. Aos 17, tornou-se mãe solteira ao dar a luz ao seu primeiro filho, numa época em que, obviamente, isso não era visto com naturalidade. No mesmo ano, tornou-se a primeira motorista negra de ônibus (streecars) em São Francisco, Califórnia. Foi também cozinheira e cafetina até, finalmente, entrar no meio artístico, a princípio como dançarina e cantora em um cabaret. Nos anos 50, já usando o pseudônimo Maya Angelou, ela se afirmou como atriz, cantora e dançarina em várias montagens teatrais que percorreram o país, tais como Porgy and Bess, Calypso Heatwave, The Blacks e Cabaret for Freedom.

Nos anos 60, começa a escrever suas próprios peças teatrais. Na década seguinte, já um nome conhecido nos meios culturais, é convidada a narrar os dez capítulos de um especial para a televisão sobre a influência do elemento africano nos Estados Unidos. Publica livros de poesia e recebe uma indicação para o Pulitzer. Trabalha também como narradora, entrevistadora e apresentadora em vários programas de televisão e teatro sobre a situação do negro nos Estados Unidos. Recebe uma indicação para o prêmio Tony de teatro por sua atuação na peça Look Away na Broadway.

Nos anos 80, publica vários livros de poesia e uma série autobiográfica que atinge consagração quase instantânea, colocando-a na lista de best-sellers por vários meses, um feito até então inédito para uma mulher negra. Recebe a premiação Emmy da televisão por sua atuação na série Raízes, sobre a história do escravidão na America do Norte.

Nos anos 80, a convite de Bill Clinton, prepara um longo poema (On the Pulse of Morning) e o lê na cerimônia de posse do presidente, outro feito inédito. Recebe o Grammy de melhor texto recitado pela leitura de seu poema na posse presidencial.

Maya hoje mora em Winston-Salem, Carolina do Norte, onde trabalha como professora convidada da universidade local e escreve seus poemas fora de casa, em um quarto alugado de hotel, único lugar onde, segunda ela, ainda consegue o isolamento que precisa para escrever. É justo dizer que, hoje, nenhum outro poeta contemporâneo nos Estados Unidos pode ser comparado à popularidade que Maya Angelou conquistou, feito este amplamente atestado pela grande vendagem de seus livros de poesia.


O TRADUTOR


Mauro Catopodis nasceu no Rio de Janeiro em 1967, de pai mineiro e mãe grega. Escreveu prolificamente durante a adolescência, completando 5 livros de poesia e um de ficção, até que aos 22 anos publicou Um Raio Cairá Sobre Minha Cabeça (poesia) pela José Olympio Editora. Participou em algumas coletâneas poéticas, como a Antologia da Nova Poesia Brasileira, organizada por Olga Savary em 1993. Seus poemas receberam a crítica elogiosa de nomes como Ferreira Gullar, Moacyr Félix, Otto Lara Resende, Paulo Mendes Campos, e Nelson Werneck Sodré. Mauro recentemente terminou ÃO, seu novo livro de poesia.



AINDA ASSIM, EU ME LEVANTO


Você pode me riscar da História

Com mentiras lançadas ao ar.

Pode me jogar contra o chão de terra,

Mas ainda assim, como a poeira, eu vou me levantar.



Minha presença o incomoda?

Por que meu brilho o intimida?

Porque eu caminho como quem possui

Riquezas dignas do grego Midas.



Como a lua e como o sol no céu,

Com a certeza da onda no mar,

Como a esperança emergindo na desgraça,

Assim eu vou me levantar.



Você não queria me ver quebrada?

Cabeça curvada e olhos para o chão?

Ombros caídos como as lágrimas,

Minh'alma enfraquecida pela solidão?



Meu orgulho o ofende?

Tenho certeza que sim

Porque eu rio como quem possui

Ouros escondidos em mim.



Pode me atirar palavras afiadas,

Dilacerar-me com seu olhar,

Você pode me matar em nome do ódio,

Mas ainda assim, como o ar, eu vou me levantar.



Minha sensualidade incomoda?

Será que você se pergunta

Porquê eu danço como se tivesse

Um diamante onde as coxas se juntam?



Da favela, da humilhação imposta pela cor

Eu me levanto

De um passado enraizado na dor

Eu me levanto

Sou um oceano negro, profundo na fé,

Crescendo e expandindo-se como a maré.



Deixando para trás noites de terror e atrocidade

Eu me levanto

Em direção a um novo dia de intensa claridade

Eu me levanto

Trazendo comigo o dom de meus antepassados,

Eu carrego o sonho e a esperança do homem escravizado.

E assim, eu me levanto

Eu me levanto

Eu me levanto.


A Mulher que escolhi como personificação da luta feminina por direitos iguais. Esta é minha homenagem ao Dia Internacional da Mulher.
Elsy Myrian Pantoja

AMAR E SER AMADO



Quando a melancolia se abate sobre mim, ergo as mãos e encontro as suas, ternas, calorosas e protetoras. É assim que se ama, cuidar do ser a quem elegemos como parceiro de vida é imprescindível em uma relação a dois. Fazer do colo o aconchego para os momentos delicados onde o coração pede conforto, fazer amor e dar amor é assim que se ama. Amar é compartilhar os prazeres e as dores, balsamizar o infortúnio com o desprendimento da alma em função do amado, confiança mútua de que ambos conseguirão vencer os obstáculos inerentes a jornada de quem começa a viver juntos. Eu me sinto amada e amo com a mesma intensidade. Amar e ser amado é uma conquista diária com gestos, palavras e atitudes, saborear as delicias dos momentos mágicos vivenciados, é erguer as mãos em sinal de apoio e cumplicidade selando o amor de alma e coração.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

sexta-feira, 5 de março de 2010

Recadinhos Humorados de Deus

OS SINTOMAS DE SHAUMBRA. OS DOZES SINAIS DO SEU DESPERTAR DIVINO



1. Dores no corpo e sofrimentos, especialmente no pescoço, ombros e costas. Isto é o resultado de intensas mudanças no seu nível de DNA, enquanto a "semente Crística" é
despertada interiormente. Isto também passará.



2. Sentimento de profunda tristeza interna sem aparente razão. Você está soltando seu passado (dessa vida e de outras) e isto causa o sentimento de tristeza. Isto é semelhante a mudar-se de uma casa na qual você viveu por muitos, muitos anos para uma nova casa. Por muito que você queira mudar-se para uma nova casa, existe uma tristeza por deixar as memórias para trás, energias e experiências da velha casa. Isto também passará.



3. Chorar sem razão aparente. Semelhante ao item 2 acima. É bom e saudável deixar as lágrimas fluírem. Isto ajuda a soltar a velha energia interna. Isto também passará.

4. Repentina mudança no trabalho ou carreira. Um sintoma muito comum. Como você muda, coisas a sua volta igualmante mudarão. Não se preocupe em achar o emprego "perfeito" ou carreira agora. Isto também passará. Você está em transição e poderá fazer várias mudanças de empregos até se estabelecer em algum que caiba sua paixão.


5. Afastar-se das conexões familiares. Você está conectado com sua família biológica via velho carma. Quando você sai do ciclo cármico, os vínculos das antigas conexões são soltos. Vai parecer que você está afastando-se de sua família e amigos. Isto também passará. Depois de um período de tempo, você pode desenvolver uma nova conexão com eles, se isso for apropriado. Porém, a conexão será baseada na novaenergia sem elos cármicos.

6. Padrões de sono pouco comuns. É provável, que você acorde muitas noites entre duas e quatro horas da manhã. Há muito trabalho sendo feito em você, e isso muitas vezes faz você acordar para dar uma respirada" . Não se preocupe. Se você não puder voltar a dormir, levante-se e faça alguma coisa. É melhor do que deitar na cama e preocupar-se com coisas humanas. Isto também passará.

7. Sonhos intensos. Nestes podem ser incluídos sonhos de guerra e batalhas, sonhos de caçadas e sonhos com monstros. Você está literalmente soltando a velha energia interna, e estas energias do passado são muitas vezes simbolizadas como guerras, corridas para escapar e o "bicho papão". Isto também passará.

8. Desorientação física. Em tempos você sentirá muito sem chão. Você estará "mudando espacialmente" com a sensação de que você não pode por os dois pés no chão, ou que você está andando entre dois mundos. Conforme sua consciência muda para a nova energia , seu corpo algumas vezes "atrasa-se" e "fica para trás", isto é, ele não acompanha. Gaste mais tempo na natureza para ajudar a aterrar a nova energia interior. Isto também passará.

9. Aumento da "conversa consigo mesmo". Você encontrar-se-á conversando com seu "Eu" mais freqüentemente. Você de repente perceberá que esteve batendo papo com você mesmo pelos últimos 30 minutos. Existe um novo nível de comunicação tomando lugar

dentro do seu ser, e você está experimentando a "ponta do iceberg" com a "conversa consigo mesmo". As conversas aumentarão, e se tornarão mais fluídas, mais

coerentes e com mais visões interiores. Você não está ficando maluco. Você é apenas Shaumbra movendo-se para a nova energia.

10. Sentimentos de solidão, mesmo quando em companhia de outros.Você pode sentir-se sozinho e longe dos outros. Você pode sentir desejo de evitar grupos e multidão. Como Shaumbra, você está percorrendo um caminho sagrado e solitário.Tanto quanto os sentimentos de solidão causem ansiedade, é difícil, neste tempo, contar sobre isto a outros.Estes sentimentos de solidão estão

associados ao fato de seus Guias terem partido. Eles estiveram com você em todas as suas jornadas, em todos os cursos de suas vidas. Era tempo deles se afastarem, assim você ocuparia esse espaço com sua própria

divindade . Isto também passará. O vazio interior será ocupado com amor e energia de sua própria consciência Crística.

11. Perda da paixão. Você pode sentir-se totalmente desapaixonado, com pouco ou nenhum desejo de fazer qualquer coisa. Isto está certo, e isto é apenas parte do processo. Pegue este tempo para fazer nada mesmo.

Não lute com você mesmo por isso, porque isto também passará. É semelhante a reprogramar um computador. Você precisa fechar por um breve período de tempo para poder carregar com o novo e sofisticado software, ou neste caso, a nova energia da semente Crística.


12. Um profundo desejo de ir para Casa. Esta talvez seja a mais difícil e desafiante de qualquer uma das condições. Você pode experimentar um profundo e irresistível desejo de voltar para Casa. Isto não é um sentimento suicida. Não é baseado numa frustração ou raiva. Você não quer fazer um grande negócio disto ou causar drama para você mesmo ou para outros. Tem uma quieta parte de você que quer ir para Casa. A raiz que origina isto é bastante simples. Você completou seus ciclos cármicos. Você completou seu contrato para esta duração de vida. Você está pronto para começar uma nova vida enquanto ainda está neste corpo físico. Durante este processo de transição você tem lembranças interiores do que é estar do outro lado. Você está pronto para alistar-se para outra viagem de serviço aqui na Terra? Você está pronto para um contrato de desafios de mudanças em direção à Nova Energia. Sim, na verdade você pode ir para Casa agora mesmo. Mas, você veio até aqui, e depois de muitas, muitas vidas seria um pouco frustrante ir embora antes de ver o final do filme. Além disso, O Espírito precisa de você aqui para ajudar outros na transição para a nova energia. Eles precisarão de um guia humano, como você, que fez a jornada da velha energia para a nova. O caminho que você está percorrendo agora fornece as experiências que te habilita a vir a ser um Professor para o Novo Humano Divino.Tão solitária e escura que sua jornada possa ser às vezes. Lembre que você nunca está só.

Direitos de cópia 2006 de Geoffrey Hoppe, Golden,CO. Preparado em colaboração de Tobias do Círculo Carmesim. Por favor, distribua gratuitamente sem propósitos comerciais.






Traduzido por Selma Gentil Ribeiro Gonçalves.


Florianópolis-Santa Catarina.


e-mail selmasolua@hotmail.com.br






Fiquem em Paz!

EU AMO AMAR VOCÊ




Amar você é ter a certeza de ser feliz

Amar você é confiar no que me diz



Quero estar do seu lado de que forma for

Vicejando flores do nosso imenso amor



Seremos almas companheiras de vida

Amantes que se completam em harmonia



Nossas promessas serão cumpridas regiamente

nossos sonhos, uma realidade existente



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quarta-feira, 3 de março de 2010

PAZ É A AUSÊNCIA DE DRAMAS





Paz é ausência de Drama. Drama é opcional.


(Kalunga)



Essa frase me faz refletir o quanto dramatizamos pequenos detalhes de nosso cotidiano, a busca da paz e a conquista da mesma é uma meta a ser alcançada, quando nos dermos conta que os acontecimentos menores em nossa vida devem ser ultrapassados com galhardia, sentiremos a almejada paz.


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Homenagem a Ceu Elsyane




Hoje quero fazer uma homenagem muito especial a uma pessoinha que é o sol da minha vida, minha primogênita, filha amada que também é uma grande Poetisa.

Quando nasceu minha amada, renasci para um novo mundo... Minha vida mudou pra melhor lógico, eu tinha algo meu um presente do Cósmico cuja responsabilidade a mim foi confiada. Criar você foi como brincar de boneca, pois eu era tão jovem nunca tinha lidado com um nem, já que sou filha única então você foi meu passaporte para esse mundo maravilhoso chamado Amor Materno. E como nos amamos, somos cúmplices, melhores amigas, confidentes às vezes até nos esquecemos da nossa condição de mãe e filha. Espero que no seu aniversário uma porta se abra e de lá do céu de Aruanda nossos guias com a permissão de nosso Deus misericordioso derrame uma torrente de bênçãos trazendo a ti a felicidade e realização plena em seus projetos.

Obrigada minha filha Céu Elsyane, cujos textos aqui na Recanto me enchem de orgulho, pela sua capacidade infinda de amar, compreender, aceitar e acima de tudo desempenhar com maestria seu papel de filha primogênita. Essa foi a forma de demonstrar o imensurável amor que tenho por você... Obrigada por você ser exatamente do jeito que é.

Elsy Myrian Pantoja

segunda-feira, 1 de março de 2010

Paz


Meu barco em mar pacífico

Eis que o tenho assim

Enfim!

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo