Seguidores

quinta-feira, 11 de março de 2010

E o Amor Nos Salvou



Houve um tempo que

Uma onda cruel no mar revolto

Tombou o meu barco

Mas a minha garra me fez forte

Sobrevivi e fui jogada na areia

Atordoada pela brutalidade do incidente

Eis que avisto outro naufrago

Tão maltratado pelas ondas quanto eu

Caminhamos em direção um do outro

Nos demos às mãos

Unimos nossas forças, almas e corações

E colocamos nosso barco no mar novamente

Aceitamos o desafio, e estamos navegando

Em águas plácidas de um azul puro

Como nosso jeito de amar.


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

2 comentários:

  1. O amor é capaz de nos fazer superar barreiras aparentemente intransponíveis.
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Essa poesia,me traz a certeza que nunca e tarde para reencontra a felicidade,dar apoio moral,espiritual e mais traz acerteza que cedo ou tarde merecemos ser feliz.obrigado poeta,vc sabe o que escreve,sem erros,parabéns,muito sucesso na sua carreira.bjos.

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo