Seguidores

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Minto logo Existo


Á medida que nos tornamos tolerantes com atos nefastos dos nossos governantes, sempre vem o questionamento do porque de determinadas atitudes dos próprios em relação ao povo que governa e dirige. No caso aqui quero ressaltar as mentirinhas cotidianas que os mesmos usam e sempre usaram desde os primórdios dos tempos para justificar erros ou similares. Lendo citações de Platão (428-348 a.C.) a respeito, onde o mesmo diz que a mentira praticada pelos governantes é um ato de caridade para com o povo, até entendo que alguns fatos devem ser mantidos em segredo de estado por questão de segurança, mas apesar de ser uma admiradora de todos os filósofos e mais ainda de Platão, ouso discordar em parte de seu pensamento, até porque a mentira sempre dividiu os filósofos, enquanto era esse o pensamento de Platão, para o alemão Imamanuel Kant, (1724-1804) até a lorota mais inocente é um ato abominável. A mentira como remédio útil, segundo Platão, no momento atual já se encontra obsoleto, tendo em vista o estagio evolutivo da humanidade, nosso grau de informação e conhecimento e consequentemente a capacidade de discernimento em relação ao que se passa nos corredores e gabinetes de nossos políticos. Quantos atos espúrios e vergonhosos são cometidos sem que deles tenhamos conhecimento, ou que só teremos quando tem “briga de comadres” como agora está acontecendo com as vilanias da família Sarney. Quantas mentiras caridosas, ditas pra “poupar o povo”, foram publicadas no intuito de proteger apaniguados, protegidos e afins? Longe estou de criticar tão nobre filosofo por quem tenho respeito, mas quando fez suas citações, havia tiranos e governos corruptos, mas o povo tinha uma visão errônea do governo que os conduzia, morriam e matavam por eles em sangrentas batalhas, hoje ao contrario somos aviltados em nossos conceitos e valores, quando cada mentira deslavada é trazida a lume, com a exposição da verdadeira personalidade dos canalhas que as dizem. O papel da mídia tem sido fundamental no esclarecimento desses fatos, mecanismos modernos como aparelhos de escuta, vídeos etc... Tem sido uma poderosa arma contra os pinoquios da republica, a eles cabem serem execrados ou caírem na desgraça do descrédito. Hoje prefiro ficar com as palavras sábias de Santo Agostinho (354-430) “mentir é um pecado grave, ao incorrer nele, o homem mancha sua alma e fica mais distante da vida eterna”, que seja bem vinda toda verdade, Lula não se iluda achando que acreditamos em tudo que diz, sabemos muitas vezes que usa do artifício da mentira e suas variantes como recurso de manter limpa a mesa onde atos secretos são assinados a revelia da Lei.


Elsy Myrian Pantoja

Imagem pesquisa Google

Tenho tanto sentimento



Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.
Fernando Pessoa
Imagens de pesquisas google

quarta-feira, 29 de julho de 2009


A oração nem sempre nos retira do sofrimento,
mas sempre nos reveste de forças para suportá-lo.

Não nos afasta os problemas do cotidiano,
entretanto, nos clareia o raciocínio, a fim de resolvê-los com segurança.

Não nos modifica as pessoas difíceis dos quadros de convivência,
no entanto, nos ilumina os sentimentos, de modo a aceitá-las como são.

fonte: livro "Tende Bom Ânimo"Psicografado por Francisco Cândido Xavier
desconheço autor e dominio de Imagem

segunda-feira, 27 de julho de 2009

O Nordeste Independente


Já que existe no Sul esse conceito que o Nordeste é ruim é sempre ingrato
Já que existe a separação de fato é preciso torná-la de direito.
Quando um dia qualquer isso for feito todos vamos lucrar imensamente
Começando uma vida diferente da que a gente até hoje tem vivido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente

Dividido a partir de Salvador
O Nordeste seria outro país
Vigoroso, leal, rico, feliz
Sem dever a ninguém no exterior
Jangadeiro seria o Senador
O caçador de roça era o Suplente
Cantador de viola o Presidente
O vaqueiro era o líder do partido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente

Em Recife o distrito industrial
O idioma ia ser nordestinense
A bandeira de renda cearense
Asa Branca era o Hino Nacional
O folheto era o símbolo oficial
A moeda o tostão de antigamente
Conselheiro seria o inconfidente
Lampião o herói inesquecido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente

O Brasil ia ter que importar
Do Nordeste algodão, cana e caju
Carnaúba, Laranja e Babaçu
Abacaxi e o sal de cozinhar
O arroz o agave do lugar
O petróleo , a cebola, a aguardente
O Nordeste é alto suficiente
Seu lucro seria garantido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente

Se isso aí se tronar realidade
E alguém do Brasil nos visitar
Nesse novo país vai encontrar
Confiança, respeito e amizade
Tendo o pão repartido na metade
Tem o prato na mesa, cama quente
Brasileiro será irmão da gente
Vá prá lá que será bem recebido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente

Eu não quero com isso que vocês
Imagine que eu tento ser grosseiro
Pois se lembre que o povo brasileiro
É amigo do povo português
Se um dia a separação se fez
Todos dois se respeitam no presente
Se isso aí já deu certo antigamente
Nesse exemplo concreto e conhecido
Imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente (3x)
Imagine o Brasil ser dividido...
. . . O povo já não é tão besta


Braulio Tavares e Ivanildo Villa Nova

Imagem Google pesquisa



domingo, 26 de julho de 2009

Cigana



Cigana na beira da estrada, mulher linda, olhos verdes, pele bronzeada.
Pergunto à cigana, mulher caminhadeira o que vê para mim?
Teu caminho é sorte, teu amor virtuoso.
Tudo que fizeres será bem remunerada
Mas não se engane menina
Se a vida te apresenta gloria, não se faça de arrogante.
Não minta não mate, não julgue.
Ou seu futuro é morte!
Com sangue gelado, recebi dela um abraço.
Dei a ela uma fita em laço e me pus a pensar
Hoje sou moça prendada
De família bem formada, de amigos fieis
Se não me perdi nesse mundo
Foi por que uma bela Cigana
Ensinou-me: não te engana!
Mostrou-me o Norte
Mostrou-me que na vida
Nem tudo depende da sorte


Céu Elsyane 21/07/09
Imagem pesquisas do google.

sábado, 25 de julho de 2009

"Uma imagem apenas"




Nimguem tem direito de julgar a outro .
Por suas roupas,porque ?seus meritos ,
Suas melhores, ou piores decisoes.
Pois para isso, teria que saber
Ler as entrelinhas da vida...
Algo raro!!!!
Cujo dom a poucos acompanha!"
(A.D)
Pesquisas do google imagens e texto

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Onde foi que errei mesmo?


Quando acostumamos as pessoas com nosso esforço e eficiência em tudo fazer a contento, muitas vezes isso nos causa alguns dissabores, tenho por principio ir alem dos meus limites para cumprir prazos e metas. Mas se por algum motivo, e isto é raro acontecer, houver falha em algum item, seja por excesso de afazeres, talvez se não estiver bem de saúde, deixo passar alguma coisa que no momento acho irrelevante e que posteriormente pode ser resolvido. Porém existem pessoas que se habituaram ao meu ritmo e que não entendem assim, e a menor falha ou por força do desgaste ou estresse emocional meu raciocínio não acompanha o colega de trabalho etc... Vai tudo pro ralo, o julgamento é severo e a condenação é certa. Raramente isso acontece comigo, vou alem de mim para ao outro satisfazer isso em todos os âmbitos e não faço por dinheiro ou pra causar boa impressão, é uma disciplina de berço, infelizmente somos humanos falíveis e apesar de nossos esforços muitas vezes falhamos sim, não por falta de responsabilidade ou descaso, mas temos limitações. E por conta disso às vezes da vontade de voltar pro casulo.


Elsy Myrian Pantoja

Imagens pesquisa Google

Não é facil

Dois Pesos e uma medida



A você que até então eu respeitava e a tinha na conta de uma boa amiga, só tenho algo a lhe dizer, em resposta a sua atitude grosseira com um cidadão, apenas pelo fato de não pertencer a sua abjeta classe, dos que enriqueceram, mas regrediram nas virtudes morais e éticas que devem nortear a vida de todos nós, resumindo, rico humilhando o pobre: Não deixe que valor monetário escale tão alto na sua busca de poder, lhe fazendo perder parâmetros, tornando-a vulgar e deselegante no trato social com seus semelhantes.
Não se deixe subjugar pela ganância e assuma o controle na conduta e retidão de seu caráter.
Por quanto mais dinheiro ou posses você tenha, na realidade nas entranhas de seu intimo, você acaba se tornando uma escrava disso tudo.
O que isso quer dizer, procure o equilíbrio, entre a avareza e a prodigalidade, ou melhor, quando você encontrar um cidadão comum, que recebe apenas um salário mínimo ou nem isso para sua sobrevivência, comprando algo, como por exemplo, uma guloseima para um filho, creia, para ele, é um regalo de inestimável valor, pois ali ele esta exercendo um ato compatível com sua condição financeira se considera um rico e o é de fato.
E na proporção inversa toda vez que um milionário ambiciona um patrimônio, cede ao desejo de possuir pelo simples fato de ter, ele se coloca no lugar do carente acima, só que como um pobre de espírito. Consumir, poder adquirir nossos bens materiais é muito bom, isso é inquestionável, mas não é de forma alguma o imprescindível em nossa vida. O que quero dizer cara amiga, que as virtudes morais e cristãs precedem a todo e qualquer valor financeiro que você possa ter. No crivo da razão prevalece o bom senso, a posse pela necessidade e não pela leviandade, cobiça ou ostentação. Por vezes a indignidade e a molecagem afetam os brios de seus desafetos que tão impiedosamente você julga e condena.
Quero deixar bem claro a você, que amigo nem sempre e aquele que nos cobre de elogios, apupos e massageia nosso ego. Talvez você minha amada, em sua antipatia e inveja, sempre criticando ferozmente seu próximo é que nos mostra o estreito caminho da alma por onde deveria jorrar a delicadeza no trato com seus semelhantes independente da classe social do mesmo.


Elsy Myrian Pantoja

Imagem do Google pesquisa

Na beira do rio
Dia de sol
Madalena morena suada, molhada
Eu olho aquela cena
Que pena...é muito pra mim.
Uma pele que chama
Em chamas me vejo perdido
Já tem dias que fico assim
E Madalena nem liga
Faz pouco de mim
Quando ela anda é dança
Que corpo perfeito
Tenha dó morena
Meu coração é ingrato
Jã não me obedece
Que destino vou ter assim?

Céu Elsyane

Imagem pesquisa Google

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O Falcão







O vôo assustador e a agressividade natural do falcão deram a ele uma posição especial no culto. Nas pirâmides repousam imagens de falcões e na linguagem escrita em geral esta palavra é determinante do simbolismo Deus. Como um Rei do Ar, o falcão se tornou um animal sagrado do Rei dos Deuses, Horus, e também o símbolo divino do reinado do Falcão. Estátuas usando a dupla coroa, como o grande exemplo de granito no templo de Horus em Edfu, são as demonstrações desta idéia.



Horus era o Deus do céu que protegia a terra com suas asas. Havia outros deuses Falcão como ele: Morth o Deus da Guerra que usava a coroa de plumagem dupla. O Deus do sol Re que usava o disco solar em sua cabeça, e o Deus mortuário, Sokar.



Hator era freqüentemente caracterizado como um falcão feminino, juntamente com Horus, deuses do céu. Nas pirâmides a ascensão de um novo Rei era representada pelo vôo do falcão. O pássaro Ba, símbolo da alma era geralmente demonstrado na forma de um falcão. Nos últimos períodos de mumificação de objetos mortuários ou da múmia em si, freqüentemente havia uma máscara de falcão, como o sarcófago de prata do Faraó Sheskmon II de Tanis no Museu do Cairo.

Texto e Imagem de Pesquisa Internet



quarta-feira, 22 de julho de 2009

Estou dodoi


Sabe aquele sexto sentido, de que algo não vai bem, acordei dessa forma nessa terça 21 de julho, mas...como já tinha assumido compromissos, horários comprometidos, tomei um banho quente e fui a luta, na rua um frio de doer até a alma, passei o dia tão concentrada no que estava fazendo e no que tinha que ser feito que não atendi ao apelo do meu organismo, dando sinal de alerta. Bem como já era esperado, desabei literalmente, passei uma noite horrível, mal estar geral, mas ainda preocupada com tudo que tinha pra fazer apenas tomei um antitermico convencional, dei uma cochilada e despertei com toneladas de pedras nas costas, era esta a sensação que eu tinha, mesmo assim, como ainda tinha deixado pendências no meu local de trabalho encarei a manhã fria, mas confesso a você me odiei depois por isso, minha febre está voltando, mas determinada a não mais me sacrificar por compromissos que achamos inadiáveis, tudo tem um limite e nosso corpo reflete o nosso cotidiano estressante manifestando desde um simples resfriado, até doenças mais sérias. Não somos tão fortes quanto imaginamos, e ao agirmos assim como citei acima, de certa forma estamos sendo levianos com nossa própria vida, em nome de conceitos arraigados de que não devemos deixar nada pra depois. Pois afirmo tem coisas que podem ser deixadas sim, não somos insubstuiveis e sempre há um jeito pra tudo, portanto ao menor sinal de alerta, pare tudo e cuide-se, acima de qualquer coisa somos responsáveis pela nossa saúde e pela nossa vida. Esperando logo melhorar, deixo meu carinho a vocês.


Elsy Myrian Pantoja

Imagem Pesquisa Google

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Hoje me dei Conta


Hoje me dei conta de que as pessoas vivem a esperar por algo e quando surge uma oportunidade se dizem confusas e despreparadas,sentem que não merecem.
Que o tempo certo ainda não chegou e a vida passa e os momentos se acumulam como papéis sobre uma mesa.
Estamos nos preparando para qualquer coisa mas ainda não aprendemos a viver,a arriscar por aquilo que queremos,a sentir aquilo que sonhamos.
E assim adiamos nossos dias e nossas vidas por tempo indeterminado até que a vida se encarregue de decidir por nós mesmos,E percebemos o quanto perdemos e o tanto que poderíamos ter evitado.

Fernando Pessoa
Imagem google pesquisa


Poema aos Amigos


Não posso dar-te soluções

Para todos os problemas da vida,

Nem tenho resposta

para as tuas dúvidas ou temores,

Mas posso ouvir-te

E compartilhar contigo.

Não posso mudar o teu passado nem o teu futuro.

Mas quando necessitares de mim estarei junto a ti.

Não posso evitar que tropeces, somente posso oferecer-te a minha mão
Para que te sustentes e não caias.

As tuas alegrias

Os teus triunfos e os teus êxitos não são os meus,

Mas desfruto sinceramente quando te vejo feliz.

Não julgo as decisões que tomas na vida, limito-me a apoiar-te, a estimular-te e a ajudar-te sem que me peças.

Não posso traçar-te limites dentro dos quais deves atuar,

Mas sim, oferecer-te o espaço necessário para cresceres.

Não posso evitar o teu sofrimento

Quando alguma mágoa te parte o coração,

Mas posso chorar contigo

E recolher os pedaços para armá-los novamente.

Não posso decidir quem foste nem quem deverás ser,

Somente posso amar-te como és e ser teu amigo.

Todos os dias, penso nos meus amigos e amigas,

Não estás acima,Nem abaixo nem no meio,

não encabeças

Nem concluís a lista.

Não és o número um nem o número final.

E tão pouco tenho a pretensão de ser o primeiro o segundo ou o terceiro da tua lista.

Basta que me queiras como amigo dormir feliz.Emanar vibrações de amor.Saber que estamos aqui de passagem.Melhorar as relações.Aproveitar as oportunidades.Escutar o coração.Acreditar na vida.Obrigado por seres meu amigo.

Jorge Luis Borges

DEUS NEGRO

Eu, detestando pretos,
Eu, sem coração!
Eu, perdido num coreto,
Gritando: "Separação"!

Eu, você, nós...nós todos,
cheios de preconceitos,
fugindo como se eles carregassem lodo,
lodo na cor...
E, com petulância, arrogância,
afastando a pele irmã.

Mas,
estou pensando agora,
e quando chegar minha hora ?
Meu Deus, se eu morresse amanhã, de manhã?
Numa viagem esquisita, entre nuvens feias e bonitas,
se eu chegasse lá e um porteiro manco,
como os aleijados que eu gozei, viesse abrir a porta,
e eu reparasse em sua vista torta, igual àquela que eu critiquei?
Se a sua mão tateasse pelo trinco,
como as mãos do cego que não ajudei ?
Se a porta rangesse, chorando os choros que provoquei ?
Se uma criança me tomasse pela mão,
criança como aquela que não embalei,
e me levasse por um corredor florido, colorido,
como as flores que eu jamais dei ?
Se eu sentisse o chão frio,
como o dos presídios que não visitei ?
Se eu visse as paredes caindo,
como as das creches e asilos que não ajudei ?
E se a criança tirasse corpos do caminho,
corpos que eu não levantei
dando desculpas de que eram bêbados, mas eram epiléticos,
que era vagabundagem, mas era fome?

Meu Deus !
Agora me assusta pronunciar seu nome .
E se mais para a frente a criança cobrisse o corpo nu,
da prostituta que eu usei,
ou do moribundo que não olhei,
ou da velha que não respeitei,
ou da mãe que não amei ?
Corpo de alguém exposto, jogado por minha causa,
porque não estendi a mão, porque no amor fiz pausa e dei,
sei lá, só dei desgosto?

E, no fim do corredor, o início da decepção .
Que raiva, que desespero,
se visse o mecânico, o operário, aquele vizinho,
o maldito funcionário, e até, até o padeiro,
todos sorrindo não sei de quê?
Ah! Sei sim, riem da minha decepção.

Deus não está vestido de ouro. Mas como?
Está num simples trono.
Simples como não fui, humilde como não sou.

Deus decepção .
Deus na cor que eu não queria,
Deus cara a cara, face a face,
sem aquela imponente classe.

Deus simples! Deus negro !
Deus negro?

E Eu...
Racista, egoísta. E agora ?
Na terra só persegui os pretos,
não aluguei casa, não apertei a mão.

Meu Deus você é negro, que desilusão!

Será que vai me dar uma morada?
Será que vai apertar minha mão? Que nada .

Meu Deus você é negro, que decepção!

Não dei emprego, virei o rosto. E agora?
Será que vai me dar um canto, vai me cobrir com seu manto?
Ou vai me virar o rosto no embalo da bofetada que dei?

Deus, eu não podia adivinhar.
Por que você se fez assim?
Por que se fez preto, preto como o engraxate,
aquele que expulsei da frente de casa?

Deus, pregaram você na cruz
e você me pregou uma peça.
Eu me esforcei à beça em tantas coisas,
e cheguei até a pensar em amor,

Mas nunca,
nunca pensei em adivinhar sua cor.

(Neimar de Barros)

domingo, 19 de julho de 2009

"Que força é essa que nos empurra
para longe do conforto daquilo que é familiar,
e nos faz enfrentar desafios,
mesmo sabendo
que a glória do mundo é transitória?
Creio que esse impulso se chama:
a busca do sentido da vida.
Por muitos anos procurei nos livros,
na arte, na ciência, nos perigosos
ou confortáveis caminhos que percorri,
uma resposta definitiva para essa pergunta.
Encontrei muitas.
Hoje estou convencido que tal resposta
jamais nos será confiada nesta experiência,
embora no final, no momento em que
estivermos de novo diante do Criador,
compreenderemos cada oportunidade
que nos foi oferecida."


Paulo Coelho

Imagem do Google Pesquisa

sábado, 18 de julho de 2009

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Meu nome é Mulher






Meu nome é Mulher


Não quero pedaço de vida, quero chegada, quero pé na estrada
Quero chuva, chuveiro, água de mar
Quero alegria, mereço folia, quero a rosa escarlate
Quero a cereja do bolo, quero chocolate

Quero deixar claro meu grito de liberdade
Quero viver, quero alegria
Nessa vida não cabe mais saudade
Não cabe maldade e nem falsidade

Sou porta voz da esperaça
Vou buscar o meu destino
Tenho a inocencia de uma criança
Hoje todo barulho é dança

Vou ser companheira do vento
Brincar nas areias do mar
Contar segredos as estrelas
Nada mais vai me fazer parar

Hoje meu nome é mulher
sou mãe, sou amiga
Sou forte e segura
A minha candura
so mostro a quem bem me quer


Céu Elsyane 17/007/09
Imagem colhida no Google pesquisa

Só nos resta rezar


Temos vivido tempos confusos, doenças viróticas oriundas não se sabe de onde, suínas, das aves , enfim nessa hora o homem com todo a modernidade da tecnologia e da medicina encontra-se impotente diante da praga que assola o planeta. Em tempos outros tivemos a peste negra que devastou e matou milhares na Europa, a gripe espanhola que também fez estrago no Brasil,como se não bastasse todas as mazelas que já temos, o caos no transito, o tráfico de drogas, nossa política social falida, valores morais invertidos, e uma vertente de pensamentos contraditórios que nos deixam incapazes de reagir, só nos resta a estupefação e lamentar. Paralelo a isso a credibilidade em nossos governantes desce ladeira abaixo, é de lascar, haja força pra superar tanta incerteza diante da realidade cruel que o mundo de uma forma geral nos apresenta, sim porque os males não são centralizados, crise econômica, viroses, mudanças climáticas, políticos corruptos é uma desgraça mundial. Só nos resta rezar e apelar ao divino, que nos proteja porque ta feia a coisa por aqui. A propósito não se tocou mais em assunto na mídia sobre a enchente do Rio Negro que castigou a cidade de Manaus, o que houve? O que foi feito em termos de assistência em todos os níveis para ajudar e socorrer os nossos irmãos ribeirinhos, nossos irmãos do Norte do Brasil??? Quando digo que só nos resta rezar não estou sendo pessimista nem exagerando. Esta feia a coisa caríssimo leitor.

Elsy Myrian Pantoja

Imagem colhida do Google pesquisa

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Anjos Guardiães


Os anjos guardiães são embaixadores de Deus, mantendo acesa a chama da fé nos corações e auxiliando os enfraquecidos na luta terrestre.
Quais estrelas formosas, iluminam as noites das almas e atendem-lhes as necessidades com unção e devotamento inigualáveis.
Perseveram ao lado dos seus tutelados em toda circunstância, jamais se impacientando ou os abandonando, mesmo quando eles, em desequilíbrio, vociferam e atiram-se aos despenhadeiros da alucinação.
Vigilantes, utilizam-se de cada ensejo para instruir e educar, orientando com segurança na marcha de ascensão.
Envolvem os pupilos em ternura incomum, mas não anuem com seus erros, admoestando com severidade quando necessário, a fim de lhes criarem hábitos saudáveis e conduta moral correta.
São sábios e evoluídos, encontrando-se em perfeita sintonia com o pensamento divino, que buscam transmitir, de modo que as criaturas se integrem psiquicamente na harmonia geral que vige no Cosmo.
Trabalham infatigavelmente pelo Bem, no qual confiam com absoluta fidelidade, infundindo coragem àqueles que protegem, mantendo a assistência em qualquer circunstância, na glória ou no fracasso, nos momentos de elevação moral e naqueloutros de perturbação e vulgaridade.
Nunca censuram, porque a sua é a missão de edificar as almas no amor, preservando o livre-arbítrio de cada uma, levantando-as após a queda, e permanecendo leais até que alcancem a meta da sua evolução.
Os anjos guardiães são lições vivas de amor, que nunca se cansam, porquanto aplicam milênios do tempo terrestre auxiliando aqueles que lhes são confiados, sem se imporem nem lhes entorpecerem a liberdade de escolha.
Constituem a casta dos Espíritos Nobres que cooperam para o progresso da humanidade e da Terra, trabalhando com afinco para alcançar as metas que anelam.
Cada criatura, no mundo, encontra-se vinculada a um anjo guardião, em quem pode e deve buscar inspiração, auscultando-o e deixando-se por ele conduzir em nome da Consciência Cósmica.

Divaldo Pereira Franco

Imagem de Ilustração Pesquisa Google
Essa mensagem de Divaldo é uma homenagem a todos os anjos que fazem parte de minha vida, anjos filhos e familia, anjos amigos que estão comigo, amigos que se foram e viraram anjos de luz protetores, meu penhor de gratidão.
Elsy Myrian Pantoja
*

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Mario Quintana


Calor ... tempo ruim ... ameaça de chuva ... relâmpagos e trovões!
Agora sim, chove muito.
Gosto da chuva, gosto dos trovões!
Gosto, sobretudo do vento.
Gostaria de voar, já que sou pássaro arredio.
Há dias que sou águia, outros falcão!
Um bem-te-vi ,um pardalzinho simples , simples..
Hoje, sou ararinha em extinção!
Rara, poucos me veem ... e eu quero sobreviver às tormentas, à civilização.
Voo, voo, voo ... ao vento. Nem medo sinto agora.
Gosto do perigo que se instala .
Temporal ah .temporal!
Não busco ninho seguro, não há.
Vôo-solitário!Liberta, espreito o Mundo da minha janela-olhar.
Posso ver: homens , mulheres, crianças, adolescentes, idosos ... e há muito a aprender e a doar.
Sei que nada sei ...mas levo um raminho no bico, o da esperança, a cada um que puder.
Acho que é este o meu destino, destribuir esperanças e amor.
Quer uma sementinha deste ramo?
É gratuito!Vou espalhando,vou ... es-pa-lhan-do ... voando, voando ...espalhando o que de melhor sei fazer, amar.
(Tata Junq)
Imagem de pesquisas do google imagens

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Trabalho em Equipe




Uma das coisas que admiro é um trabalho em equipe, sempre trás bons resultados quando seus componentes estão cônscios de que o efeito será prazeroso e benéfico a todos que contribuem de alguma forma.
Não gosto da centralização, aquele que chama pra si toda a responsabilidade, não aceita opinião e nem dividir as tarefas, no seu egoísmo, raramente alcança o sucesso. Há de fato empreitada que só pode ser exercida por um elemento, como por exemplo, o trabalho artesanal, uma tela não pode ser pintada a dois, a criação e inspiração são únicas. Mas há parcerias fantásticas no mundo da arte em geral, grandes compositores que juntos conceberam obras belíssimas, um atelier de costura onde o estilista cria o modelo, mas sem os elementos necessários dificilmente conseguira expor seu feito. Todo projeto requer uma equipe de profissionais afinados e sintonizados entre si, imbuídos da certeza que no final o mérito é de todos. Mas quando o ego fala mais alto, põe todo um trabalho a perder, por menor que seja a participação de um membro na equipe, não deixa de ter sua devida importância. Todo resultado grandioso tem por suporte um torvelinho de idéias que juntas formam um acorde perfeito onde todos comungam da alegria do fruto harmonioso.


Elsy Myrian Pantoja
Imagem do Google Pesquisa

domingo, 12 de julho de 2009

O mundo de Julia


Você começou a viver em mim com um susto. Sim, um susto!Mas você já estava lá e só restava um caminho: amar-te!
Fiquei apaixonada.
É menina! Que linda! Raio de luz, pedaço do céu que anjos bondosos mandaram pra mim.
Presente de Deus pra ser sempre amiga, sempre querida em meu coração.
Teu sorriso tão doce faz meu caminho ser fresco e com paz.
Meu lado menina completa o seu e somos crianças
Nas noites sem fim
Querida menina, seja minha sina e juntas seremos flores num lindo jardim.
Julia: princesa e rainha. Es filha minha!
Presença marcante, ser cativante.
Tenha sempre a certeza que amor maior
Guardei só a ti.

Ceu Elsyane

Imagens do Google pesquisas

sábado, 11 de julho de 2009


Quero apenas...

Quero amar sem limites
Entregar-me sem pudores
Quero querer sem medos
E transbordar os meus segredos!

Quero o brilho nos olhos
E as linhas do sorriso escancarado
Não tenho medo do pecado
Só quero você do meu lado!

Quero me encontrar na tua noite
E perder-me no teu dia,
Quero a chuva fria
Pra acalmar minha agonia!

Quero o teu sorriso
A colorir os meus momentos
E o seu desejo
A dar asas aos meus pensamentos!

Quero inundar-me de ti
Mergulhar em mim
Naufragar nesta mistura
Ancorar...
E morrer de te amar!

Rosane Oliveira
Imagem colhida banco de imagens do google

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Apenas caminhos





Todo pedaço de terra leva a algum lugar

Mas o seu coração? Sabe onde vai dar?

Se hoje o caminho é duvidoso, o percurso arriscado.

Não perca o foco que na hora exata tudo da certo

Se teu mundo é loucura

Teus planos te enganam não fuja da guerra

No final da historia tuas flores te esperam

Cada gota de chuva, que vem das montanhas, limpa tua alma para nova jornada.

Não pare!!!

Se o fardo é pesado desfaça de tudo que não é mais necessário

Esqueça na beira da estrada o ciúme perverso

A magoa gelada, o medo que cala.

Se junte a outros que no mesmo caminho

Não quer mais sozinho

Sua sina buscar

A noite refaça as idéias

Tire da mente as teias que na lua cheia faz a consciência falhar

Não são pedras, não são problemas... São apenas caminhos

Feliz é aquele que tem uma vereda pra caminhar

Triste é aquele que se perdeu e não sabe voltar.



Ceu Elsyane

Imagem de ilustração colhida no banco de Imagens Google

Versos Simples

Versos Simples

Sabe, já faz tempo
Que eu queria te falar
Das coisas que trago no peito
Saudade, já não sei se é
A palavra certa para usar
Ainda lembro do seu jeito

Não te trago ouro
Porque ele não entra no céu
E nenhuma riqueza deste mundo
Não te trago flores
Porque elas secam e caem ao chão
Te trago os meus versos simples
Mas que fiz de coração
Chimarruts
Video coletado do you tube

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Determinar para Vencer


É comum alguém tecer comentários a respeito de suas realizações profissionais ou familiares, geralmente com um tom malicioso e raramente como um elogio ou incentivo. As oportunidades de crescimento pessoal são iguais pra todos, e o sucesso não se mede pela quantidade de bens materiais ou status que a pessoa venha adquirir. O prazer de fazer o que se gosta, a auto-suficiência e a independência financeira por si só já é um grande feito. E é essa busca que devemos empreender sem nos preocuparmos tanto com que os demais estão fazendo, sem fazer comparações ou se achando o pior dos piores, todos temos dons basta descobrir nossas habilidades, e com determinação força e coragem alcançamos gradativamente os nossos objetivos. Priorizar é a palavra de ordem, se queremos algo se isso é importante como, por exemplo, pra quem estuda e almeja um lugar no mercado de trabalho há que fazer renuncia. Traçar metas e planos de vida nos ajuda e muito a alcançar o que aspiramos. Viver, gerenciar nosso dia a dia de fato é muito difícil, para uns mais para outros menos, mas todos nós temos nossas dificuldades e ultrapassar esses obstáculos que nos separam do triunfo é um desafio e é isso que faz de nós um vencedor, então podemos dizer quando obtemos as nossas vitórias pessoais que valeu a pena lutar, ceder, renunciar sem nos desviarmos de nossos valores morais para chegar a nosso destino. E se por acaso houver quedas no caminho, levante reveja onde errou e recomece, idade, sexo, cor ou religião nada disso é pretexto pra desistimos de nosso alvo, a fila é grande daqueles que ficarão no meio do caminho e frustrados, desajustados em sua ineficiência tornam-se pessoas amargas, invejosas e infelizes.

Elsy Myrian Pantoja 
Imagem Google

Se eu chegar





Se eu chegar
que seja devagar
pra dar-te tempo
te de acostumar

se eu chegar
que seja branda
como a brisa
não turbulenta
como o vento

se eu chegar
que seja com um
leve frescor da manhã
não com a solidão
da noite insone

se eu chegar
que seja leve
como o sorriso da criança
não triste como
a dor de uma lágrima

se eu chegar que seja
pra te trazer paz
e alegria intensa
no coração já tão doído

se eu chegar
que seja assim
como esse poema
composto em linhas pequenas

se eu chegar
não te assustes
só vou ficar o tempo
de tu ser feliz

se acostumar-se
com a felicidade
poderei por fim
ficar a vida inteira

se eu chegar...



Rosane Silveira


quarta-feira, 8 de julho de 2009

terça-feira, 7 de julho de 2009

Para Loucos e Palhaços


Venham loucos e malucos, Salve! Salve! Os cabelos brancos do poder. Na minha época cabelos grisalhos simbolizavam respeito, mas basta você assistir meia hora de telejornal e o que vemos ein? Eles lá enfronhados até a alma no poder, e os cabelos brancos de tanto maquinar novas formas de fornicar com todos nós, pobres babacas de mãos atadas estamos, e graças a Deus nem todos, com a língua solta e dedos céleres, vamos usando a única forma de que temos de confrontar tanta nojeira. Não deixem de acompanhar os últimos acontecimentos dos dois Poderes do Legislativo em Brasília, Senado e Câmara dos Deputados Federal, ta feia a coisa e não se iludam, pois os líderes politicos que querem tirar o sarneylismo, já têm outro esquema talvez mais sofisticados de falcatrua, não existe de forma alguma a intenção, talvez com raras exceções, cito assim pra não ser injusta com meia dúzia (se muito) de elevar a moral e a ética que deveria permear os atos daqueles que nos representam. Venham loucos, palhaços e malucos, pois é assim que me sinto sabendo que tudo poderia ser diferente se soubéssemos votar e se usássemos o jornal pra ler e se informar e não pra limpar bunda.

Elsy Myrian Pantoja

imagem de ilustração retirada do google pesquisa imagens

domingo, 5 de julho de 2009

Amor e Medo




Quando eu te vejo e me desvio cauto
Da luz de fogo que te cerca, ó bela,
Contigo dizes, suspirando amores:
-”Meu Deus! que gelo, que frieza aquela!”
Como te enganas! meu amor é chama
Que se alimenta no voraz segredo,
E se te fujo é que te adoro louco…
És bela – eu moço; tens amor, eu – medo…
Tenho medo de mim, de ti, de tudo,
Da luz, da sombra, do silêncio ou vozes.
Das folhas secas, do chorar das fontes,
Das horas longas a correr velozes.
O véu da noite me atormenta em dores
A luz da aurora me enternece os seios,
E ao vento fresco do cair das tardes,
Eu me estremeço de cruéis receios.
É que esse vento que na várzea – ao longe,
Do colmo o fumo caprichoso ondeia,
Soprando um dia tornaria incêndio
A chama viva que teu riso ateia!
Ai! se abrasado crepitasse o cedro,
Cedendo ao raio que a tormenta envia:
Diz: – que seria da plantinha humilde,
Que à sombra dela tão feliz crescia?
A labareda que se enrosca ao tronco
Torrara a planta qual queimara o galho
E a pobre nunca reviver pudera.
Chovesse embora paternal orvalho!
Ai! se te visse no calor da sesta,
A mão tremente no calor das tuas,
Amarrotado o teu vestido branco,
Soltos cabelos nas espáduas nuas!…
Ai! se eu te visse, Madalena pura,
Sobre o veludo reclinada a meio,
Olhos cerrados na volúpia doce,
Os braços frouxos – palpitante o seio!…
Ai! se eu te visse em languidez sublime,
Na face as rosas virginais do pejo,
Trêmula a fala, a protestar baixinho…
Vermelha a boca, soluçando um beijo!…
Diz: – que seria da pureza de anjo,
Das vestes alvas, do candor das asas?
Tu te queimaras, a pisar descalça,
Criança louca – sobre um chão de brasas!
No fogo vivo eu me abrasara inteiro!
Ébrio e sedento na fugaz vertigem,
Vil, machucara com meu dedo impuro
As pobres flores da grinalda virgem!
Vampiro infame, eu sorveria em beijos
Toda a inocência que teu lábio encerra,
E tu serias no lascivo abraço,
Anjo enlodado nos pauis da terra.
Depois… desperta no febril delírio,
- Olhos pisados – como um vão lamento,
Tu perguntaras: que é da minha coroa?…
Eu te diria: desfolhou-a o vento!…
Oh! não me chames coração de gelo!
Bem vês: traí-me no fatal segredo.
Se de ti fujo é que te adoro e muito!
És bela – eu moço; tens amor, eu – medo!…

Casimiro José Marques de Abreu

sábado, 4 de julho de 2009

Sobre minhas Perdas e Danos




. Sempre que escrevo um novo texto, tenho o cuidado de não direcionar palavras a quem quer que seja, com exceção das minhas criticas políticas onde cito nome e sobrenome do sujeito em questão, mas ainda assim alguns amigos se sentem atingidos, ou melhor, dizendo vestem a carapuça, pois bem vou expor minhas perdas e os danos advindos com essas avarias, aliás, se algo em nossa vida deixa de existir é porque o ciclo acabou, na verdade nunca perdemos nada, o que vai foi algo concedido em uma determinada fase de nossa vida. Difícil é administrar os danos causados com essas perdas, dores de alma difíceis de alentar levam-se tempo pra recompor o emocional abalado e quando perdemos em definitivo, no caso de um falecimento de um ente querido, a saída dos filhos de casa para terem suas próprias vidas, o rompimento de uma relação afetiva, o amigo ingrato que nos virou as costas quando mais precisávamos de colo. Perdas no âmbito profissional, onde o valor é dado a quem mais bajula essa é cruel. Mas acredito e assim o sinto que perder os afetos, o afago às caricia a que estávamos acostumados e não dou aqui nem um tipo de conotação, afetos esses generalizados, do amante, do amigo, de um filho enfim causam danos irreparáveis, até tentamos administrar reagir diante da dor, mas leva tempo ou até uma vida inteira pra sanar o estrago, de certa forma transformo esses episódios de minha existência e que faz parte da vida de qualquer um, em atitudes positivas perante a sociedade doando minha experiência de vida através de minhas crônicas, prestando serviço aos meus semelhantes buscando ser uma profissional responsável passível de erros, mas humilde em corrigir defeitos. Confesso que ainda estou no aprendizado agregando valores morais e espirituais, porem estou mais próxima de mim mesma, a companhia de meus anjos me fornecem energia suficiente para agradecer a Deus pelas minhas perdas e danos.


Elsy Myrian Pantoja


Imagem Google

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Solidão


Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar...
Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos...
Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida...
Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma...


Francisco Buarque de Holanda

Imagem de Ilustração retirada de pesquisa de Imagens Google

Hoje sem assunto

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Vida





Que eu me permita sofrer menos.
Que minhas palavras não ecoem
sem respostas das profundezas
dos meus sentidos.
Que meus pensamentos, sejam
apenas para o amor, mesmo não
existindo reciprocidade.
Que eu consiga recriar-me a cada
momento vivido na solidão.
Que eu consiga ver a beleza dos dias
mais "comuns", e sorria.
Que eu me permita viver os sonhos
mais simples e os mais loucos!
Que meu caminhar seja firme, dentro
dos meus limites.
Que meu infinito seja o calor do sol,
a imensidão do mar, a luz da lua, o
brilho das estrelas
no toque da minha
alma....
Na solidão do meu Eu!

(Renata Mangeon)
27/03/09
Imagem colhida banco de pesquisas de imagens do google

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Vem pra mim


Será utopia eu te querer?
Será um sonho impossível eu te amar?
Vem fazer parte do meu viver
E não tenhas medo de me amar.

Será que sou tão inatingível?
Será meu Amor grande demais para ti?
Vem me amar neste teu jeito sensível
Pois tu me és qual um precioso rubi

Vem que a noite já se avizinha
E a minha alma cansada de ser sozinha
Necessita tanto do teu calor

Vem que a vida é bela a dois
E não deixes nada pra depois
Compartilha comigo teu Amor.


MJose
Imagem colhida na pesquisa de Imagens Google

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo