Seguidores

sábado, 4 de julho de 2009

Sobre minhas Perdas e Danos




. Sempre que escrevo um novo texto, tenho o cuidado de não direcionar palavras a quem quer que seja, com exceção das minhas criticas políticas onde cito nome e sobrenome do sujeito em questão, mas ainda assim alguns amigos se sentem atingidos, ou melhor, dizendo vestem a carapuça, pois bem vou expor minhas perdas e os danos advindos com essas avarias, aliás, se algo em nossa vida deixa de existir é porque o ciclo acabou, na verdade nunca perdemos nada, o que vai foi algo concedido em uma determinada fase de nossa vida. Difícil é administrar os danos causados com essas perdas, dores de alma difíceis de alentar levam-se tempo pra recompor o emocional abalado e quando perdemos em definitivo, no caso de um falecimento de um ente querido, a saída dos filhos de casa para terem suas próprias vidas, o rompimento de uma relação afetiva, o amigo ingrato que nos virou as costas quando mais precisávamos de colo. Perdas no âmbito profissional, onde o valor é dado a quem mais bajula essa é cruel. Mas acredito e assim o sinto que perder os afetos, o afago às caricia a que estávamos acostumados e não dou aqui nem um tipo de conotação, afetos esses generalizados, do amante, do amigo, de um filho enfim causam danos irreparáveis, até tentamos administrar reagir diante da dor, mas leva tempo ou até uma vida inteira pra sanar o estrago, de certa forma transformo esses episódios de minha existência e que faz parte da vida de qualquer um, em atitudes positivas perante a sociedade doando minha experiência de vida através de minhas crônicas, prestando serviço aos meus semelhantes buscando ser uma profissional responsável passível de erros, mas humilde em corrigir defeitos. Confesso que ainda estou no aprendizado agregando valores morais e espirituais, porem estou mais próxima de mim mesma, a companhia de meus anjos me fornecem energia suficiente para agradecer a Deus pelas minhas perdas e danos.


Elsy Myrian Pantoja


Imagem Google

Um comentário:

  1. Muito bom o teor da postagem,mas creio que de alguma forma o que achamos que perdemos e algo que esperamos em resposta do outro alguemque por muitas veses nao sabem expressar os desejos e sentimentos em palavras.e ao fazerem por atos nao sao bem aceitos.ficando um mal estar que pode ser resolvido num bom dialogo.Sem haver perdas no sentido da palvra carinho amizade amor e compreensao.Abraços e Parabens querida cronista

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo