Seguidores

sábado, 30 de janeiro de 2010

A GENEROSIDADE E A COMPAIXÃO



A generosidade e a compaixão

Andam juntas

E iluminam o coração

Quando nos doamos por inteiro

Passamos a fazer parte

De um mundo verdadeiro

A dimensão além desta vida

É o espiritual quem em nós habita

E se a mão amiga é estendida

Ao irmão que nada tem

Redimimos nossa alma

E nos elevamos mais além

Colocarmos-nos no lugar do outro

Partilhando sua dor

Não há neste ato sublime

A maior prova de amor



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google




sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

BEIJO APAIXONADO

Deveria chover estrelas

   Quando trocamos beijos apaixonados

        Aquecendo ainda mais o nosso amor



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

NOSSA ROTINA DIÁRIA



Não podemos mudar algumas rotinas de nossa vida, há itens essenciais a nossa sobrevivência, como trabalhar, gerenciar a nossa casa e a família, manter uma vida social saudável e pra quem tem um hobbie é uma excelente terapia. Porém para a maioria de nós, muitas vezes essa rotina é estafante, independente de qual seja as atividades que se exerça.


No entanto há formas de não nos desgastarmos tanto assim, a principio devemos priorizar as nossas necessidades e fazer tudo por etapa sem deixar nada pela metade, pois isso gera frustração. A organização também é fundamental para o êxito de nossas ações no dia a dia, se deixarmos embolar ou for empurrando com a barriga, seguramente vamos nos atrapalhar e tudo o que poderia ser bem mais fácil, torna-se um campo de batalha. Experimente agendar seus compromissos, um dia para coisa, sei que não é muito fácil, mas simplifica e muito o nosso cotidiano.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

ZEUS




A maior e mais poderosa das doze divindades gregas do Olimpo, o Júpiter dos romanos, e a única cuja origem indo-européia pode ser demonstrada claramente. De acordo com Hesíodo, era o filho mais novo dos Titãs Cronos e de Réia, os romanos Saturno e Cibele, que detinham o controle do mundo, e portanto, também irmão de Héstia, Deméter, Hera, Hades e Poseidon. Cronos derrotou seu próprio pai, Urano, e tomou para si o poder, tornando-se senhor dos antigos deuses. Mas ouviu de Gaia e de seu próprio pai, que ele estava destinado à também ser derrotado e condenado por um de seus próprios filhos. Na tentativa de salvar-se do destino, o titã engolia todos os seus filhos à medida em que nasciam, deixando Réia desolada. Porém, estando Réia grávida novamente, e temendo pelo futuro do filho, implorou ao seus pais, Gaia e Urano (a Terra e o Céu), para que divisassem um meio de ter seu filho em segurança e criá-lo escondido do pai, até que um dia ele o fizesse pagar pelos filhos que havia engolido. Os dois deuses orientaram-na a se dirigir à Lyktos, em Creta, onde ela deu à luz a seu filho mais jovem e deu-lhe o nome de Zeus. Lá ela escondeu o bebê em uma caverna de difícil acesso, encravada nas montanhas da Egéia, em meio a densas florestas, para ser criado por ninfas. Ela então envolveu uma pedra com roupas de bebê e a entregou a Cronos, que a engoliu sem descobrir o logro. Quando o filho cresceu, conseguiu libertar os ciclopes, seus tios, que se juntaram a ele com as oceânidas Métis, deusa da prudência, e Estige e seus filhos e Prometeu, filho de Jápeto, este um dos filhos de Gaia e Urano. Cronos foi derrotado depois de uma guerra de dez anos que ficaria conhecida como titanomaquia. Destronado pela força de seu filho e ludibriado por um estratagema de Métis, foi obrigado a vomitar todos os outros irmãos engolidos. O primeiro a ser lançado para fora foi a pedra com que Réia enganara o marido, a última a ser engolida. Depois vieram Deméter, Hera, Hades, Héstiae Poseidon. Cronos foi expulso do Olimpo e banido com seus titãs aliados para o Tártaro, lugar de tormento eterno. E assim como o pai simbolizava o tempo, ao derrotá-lo, seu filho tornou os deuses imortais. Ele tomou posse do trono do pai e partilhou com seus dois irmãos o império do universo. Posêidon,o Netuno dos romanos, herdou o reino dos mares e Hades, o Plutão, tornou-se o deus das profundezas, dos subterrâneos e das riquezas. Ele ficou com o céu, a terra e o domínio e cuidado das deusas irmãs, Héstia, Deméter, Hera. Então colocou no solo sagrado de Pytho, o local do oráculo de Delfos, para servir de monumento e maravilha para os homens mortais. Ainda libertou os irmãos de seu pai do exílio, ou seja, os filhos de Urano que haviam sido aprisionados por este, e eles retribuíram dando-lhe além de graças, o trovão, o relâmpago e o raio, que a Terra havia deixado escondidos até então. Como rei dos deuses, governava o mundo e as outras divindades. Era mais poderoso que todos os outros deuses juntos. Exigia que todos obedecessem a suas leis e punia imediatamente todos aqueles que as violavam. Podia provocar tempestades e disparar seus trovões para punir os homens. Era também acompanhado por uma águia que carregava seus trovões.


AS MUSAS eram também filhas de Zeus e deusas da música, das artes e da memória. Eram nove e cada uma delas representava um aspecto da literatura, da arte ou da ciência. Calíope era a musa da eloqüência e da poesia épica, Clio, da história, Euterpe, da poesia lírica, Melpômene, da tragédia, Terpsícore, da dança em grupo e do canto coral, Érato, da elegia, a quem se atribuía a invenção da flauta e de outros instrumentos de sopro, Polímnia, da poesia sagrada, Urânia, da astronomia, ciências exatas e geometria, e Tália, da comédia ou idílio.



HARES ou Graças, eram filhas de Zeus e deusas da felicidade, do amor e da celebração. Presidiam os banquetes, as danças e a todos os eventos sociais. Elas eram três: Efrosine, Aglaia e Tália.



terça-feira, 26 de janeiro de 2010

SEGUIREI CONTIGO MEU AMOR



Como o tempo passa depressa


Quando estamos juntos

Mal chegas já é hora de voltar

Vou te prender com as amarras do meu amor

E não haverá mais despedidas entre nós

Ficaremos juntinhos por dias e noites

Admirando a lua, o sol e as estrelas

Recebendo o vento calmo no rosto

E fazendo amor até ficarmos esgotados

Me perguntas se quero seguir contigo

Minha é resposta é sim pra sempre

Quero viver a amplitude desse amor


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O AMOR ILUMINA A NOSSA ALMA



Na intimidade de minha alma


Analiso as minhas emoções

E percebo a candura dos meus sentimentos

Para aqueles que convivem comigo



Minha vida... No momento iluminada

Por uma grande descoberta

Estou amando e sendo amada

Fortalecendo ainda mais

A ternura e o afeto que brotam do meu coração



O amor verdadeiro enobrece nosso ser

Abrange a todos os segmentos de nossa vida

A beleza antes despercebida

Transforma-se num jardim irisado de cores

Das flores que nascem a cada beijo

Que recebo do meu amado



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

A FORÇA DO NOSSO AMOR



O meu amor tem cheiro de flor


É como a brisa fresca da manhã

Chega de mansinho deixando

Uma sensação de prazer

O meu amor tem cheiro de mato

Dos campos por onde livres caminhamos

Em busca do nosso futuro

O meu amor transpira a verdade

Sinto-me segura em seus braços

Onde me aninho

E espero o temporal passar

Meu amor é ligeiro

Quando vem pra mim

Não tarda, pois sabe

Que ansiosa estou a lhe esperar

Meu amor tem a força

Que une dois corações apaixonados

Que apenas querem amar e amar


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 24 de janeiro de 2010

Amigos Inconvenientes




Há pessoas que entram nas nossas vidas como umas vacas ensandecidas, saem atropelando tudo. Reviram nossos sentimentos de perna pro ar e depois fingem que nada aconteceu e ainda se fazem de vitimas, machucam com seus atos e palavras e nem percebem que nos atingem até a alma. Tive alguns amigos assim e ainda convivo com alguns, mas não é nada fácil lidar com essas vacas loucas que destituídas de qualquer senso do ridículo e de seus limites fazem uma devastação no nosso coração.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

NOSSAS MÃOS UNIDAS NO AMOR



Nossas mãos se buscam


Entre caricias e beijos

Depois da noite de amor intensa

Elas apenas querem ficar unidas

Até reacender nosso desejo

Nossa energia é infinda

É imensa nossa afeição

Quando nos entregamos

É corpo, alma e coração

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

sábado, 23 de janeiro de 2010

Amor a Beira Mar



A noite é perfeita
Está cheia de lua
Você me desnuda
Pois nua
Sou toda sua

Na areia
Vamos deixando nossas marcas
Que a espuma das ondas invejosa
Vai apagar
Mas temos a lua
Como testemunha
De como foi bom nosso amar

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Minhas Violetas

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

COMO DOI SER ENGANADA



Hoje sem querer

Lembrei algo de um passado

Não muito distante

Meu coração doeu

As mentiras ferem

Marcam pra sempre a nossa alma

Principalmente

Quando a mentira veio de alguém

Que você amava muito

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O AMOR DIVINO




É noite

Caminho nas brumas em silêncio

Meditando no imensurável amor de Deus

É o único amor incondicional

Ele jamais desampara os filhos seus



Quando tudo nos falta

E a alma clama em agonia

É em Deus que deposito

A fé e a esperança na vida



Deus é alegria, força e beatitude

Sua clemência abrange todo universo

E por mais que eu queira

Sou pequena demais pra dedicar-lhe versos


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

VOCÊ É O MEU AMOR


Sou a Flor... Você é o meu jardim


Sou a Lua... E você é o meu sol

Sou a água... E você é a minha fonte

Sou suas asas... E você é o meu anjo

Sou as ondas do seu mar

Sou sua Deusa

Pois você já é a minha vida

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Black Eyed Peas on Oprah - The Mother of all Flash Mobs




Amoooooooooooooo essa banda e esse clipe é demaiiiiiiiiiii pra começar o dia maravilhosamente bem

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

É muito amor



Vou te contar um segredo
Acho que estou me apaixonando
Por este homem brejeiro, charmoso
Sexy e muito sensual
E ele também
Está amando essa morena
Que lhe enche de afagos, mimos e caricias
Somos só amor

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

A Dama de Vermelho



Garçom


Diga ao marujo na mesa ao lado

Que a dama de vermelho

Tem algo pra lhe dar

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 17 de janeiro de 2010

Fazer amor com você


Ouço você me chamando


No silencio da madrugada

Embriagada de sono

Vou ao encontro

Dos seus beijos

Abraços

E da sua virilidade

Que me deixa zonza

Como é gostoso fazer amor com você!

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

sábado, 16 de janeiro de 2010

Sou Guerreira, Vencedora sou Mulher


Estamos vivendo a alguns anos em uma sociedade altamente competitiva e seletiva, os capacitados no mercado de trabalho tem todas as chances de serem recrutados e os que por alguma razão não tiveram essa oportunidade estão correndo atrás do tempo perdido. Já não basta ter alguém que indique para um cargo importante ou não, de fato tem que mostrar competência e conhecimento do que faz. Felizmente para nós mulheres a competição se igualou ou superou os homens em algumas áreas, já não somos alijadas do mercado de trabalho apenas por ser mulher e isso independente da idade, muitas estão começando aos quarenta e por aí em diante. Sempre trabalhei no serviço publico, mas chegou um momento de minha vida profissional a exigência que eu fosse bem mais além, para galgar uma colocação e obter melhor remuneração e satisfação no que fazia.

Pois bem com quatro filhos ainda entrando na adolescência e um marido omisso, entrei de cabeça nos estudos, passei no vestibular e cursei a faculdade de direito, foi fácil? Não, foi uma guerra, contra o preconceito de que o lugar de uma mulher com quatro filhos é em casa cuidando deles, mas eu via mais além, isso com 30 anos de idade na época e sem nenhum incentivo, muitas vezes tive que levá-los comigo para o trabalho, pois não tinha com que deixá-los e por várias vezes meus colegas de faculdade serviram de babá para que eu fizesse as provas. Hoje posso dizer com muito orgulho que valeu a pena cada noite e cada dia de esforço pra conquistar o meu espaço e conseqüentemente o deles, pois através do fruto das minhas promoções pude dar a eles uma educação aprimorada e hoje todos já estão independentes e bem colocados no mercado de trabalho, minha filha caçula com 23 anos com três diplomas no currículo já é líder no seu setor. Com a vitória no campo profissional o casamento que já não era lá grande coisa pelos motivos expostos acima, vi que não precisava mais de um homem ao meu lado só pra dizer que tinha um marido. Ousada e destemida, mais uma vez encarei o desafio e pedi o divorcio e lá se vão quase seis anos que isso aconteceu e nunca me arrependi do ato, cresci como mulher, como profissional e como mãe, junto aos amigos e familiares virei referencia no quesito superação. Houve alguns relacionamentos depois do divorcio, algumas decepções amargas, mas nada que abalasse a minha férrea crença em Deus e em mim mesma. Hoje ao lado de alguém, estou vivendo dias de paz e felicidade, creio que bem merecido por toda minha historia de vida, ambos exercendo a mesma profissão e com uma história de vida de muita luta e temos um universo de afinidades.

Escrevo esse texto para que sirva de incentivo para aquelas mulheres que acham que não tem capacidade ou força para dar uma guinada em suas vidas. Todas nós podemos, basta acreditar que existe um potencial dentro de si e vencer os desafios que a vida vai apresentando e podem ter certeza ou louros da vitória vão chegando um a um.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Urgência de te amar


Eu não queria confessar


Que toda minha pressa

É para logo te encontrar

Vai a noite vem o dia

E se demoras começa a agonia

Mas quando me vejo

Nos braços teus

É imensa a minha alegria

Então felizes

Somos beijos e abraços

E não há nada que nos cause embaraço

 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Medusa



Medusa é uma figura mitológica grega. Segundo a lenda, Medusa tinha corpo e rosto de uma bela mulher, asas de ouro e presas de bronze.

Medusa (“a ladina”), e suas irmãs Esteno (“a forte”) e Euríale (“a que corre o mundo”), eram conhecidas como as irmãs Górgonas. Seus pais, Fórcis e Ceto, eram divindades marinhas.

Em um dos templos de Atena (deusa grega da sabedoria), Medusa teria feito amor com Poseidon (deus do mar), o que levou a deusa, furiosa, a transformar Medusa e suas irmãs em seres repugnantes, com pele escamosa e serpentes enormes na cabeça.

Dentre as três, Medusa foi a mais castigada. Além da terrível aparência, Atena a tornou mortal, e lhe deu um poder terrível… Seu olhar transformava quem a olhasse em estátua de pedra.

Medusa e suas irmãs passaram a viver em uma caverna, no extremo ocidente da Grécia, junto a um país chamado Hespérides. Conta à lenda que nos arredores dessa caverna, existiam inúmeras estátuas de homens e animais petrificados. As irmãs Górgonas eram temidas por toda a Grécia.

Em uma ilha chamada Cíclades, um rei tirano chamado Polidectes, ordenou a um jovem chamado Perseu, que decepasse e lhe trouxesse a cabeça de Medusa, caso contrário violentaria sua mãe, Dânae.

Sensibilizada, a deusa Atena ajudou Perseu, cedendo a ele um elmo que lhe tornava invisível, sandálias aladas, um alforje chamado quíbisis (para transportar a cabeça da Medusa), e um escudo de bronze brilhante para que ele pudesse enfrentar Medusa e suas irmãs.

Perseu entrou então na caverna das irmãs Górgonas enquanto elas dormiam e se aproximou de costas, guiado pelo reflexo do seu escudo, e utilizando o elmo que o tornava invisível. Pairou por cima das irmãs Esteno e Euríale graças às sandálias aladas e chegou até Medusa. Como não podia olhar diretamente para ela, mirou sua cabeça através do reflexo de seu escudo e decapitou-a. Guardando a cabeça no quísibis, partiu sem que Esteno e Euríale o pudessem seguir, já que ainda usava o elmo da invisibilidade.

Atena foi presenteada por Perseu com a cabeça de Medusa, a qual foi colocada no escudo da deusa para sua proteção.

Por Thais Pacievitch





quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Jardim de amor


No meu jardim


Plantei pra ti

Flores

Para ornar nosso leito de amor

Com petalas de rosas vermelhas

E gardenias espalhadas pelo chão

Caminharei até o teu coração

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

A Safadeza do Roberto Arruda Continua


E não é o que o safado do Roberto Arruda teve a cara de pau de colocar dois ônibus lotados de pessoas que nem sei como adjetivar pra se submeter a esse escracho na frente do Congresso e ainda pagou comida a todos, agora pergunto de onde ele tirou o dinheiro das despesas? Da meia ou da cueca ecaaaaaaaaaaaaa no mais amplo sentido da expressão. O que enoja mesmo e ver os valores invertidos em nosso país, enquanto os ladrões em seus gabinetes fresquinhos e tranqüilos gozam com a cara do povo, os estudantes e demais individuo que resolveram se manifestar pacificamente o que é direito de todos que vivem em uma democracia, são aviltados em seus direitos apanhando da policia, sendo agredido fisicamente, isso já é demais. Questiono-me como isso vai terminar, se bem que até desconfio, mas me recuso a acreditar que tudo vá acabar em purpurina, sim porque os panetones já se foram, agora ele vai fazer doação de purpurina para os carnavalescos carentes. Sinceramente Roberto Arruda nos poupe de tanta canalhice, pior é quem assina embaixo as tuas safadezas.



Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Ah o sol



Verão também é sinônimo de pouca roupa e muito chifre,
pouca cintura e muitagordura, pouco trabalho e muita micose.
Verão é picolé de Kisuco no palito reciclado,
é milho cozido na água da torneira,
é coco verde aberto pra comer a gosminha branca.
Verão é prisão de ventre de uma semana e pé inchado que não entra no tênis.
Mas o principal ponto do verão é…
a praia!Ah, como é bela a praia!
Os cachorros fazem cocô e as crianças pegam pra fazer coleção.
Os casais jogam frescobol e acertam a bolinha na cabeça das véias.
Os jovens de jet ski atropelam os surfistas,
que por sua vez, miram a prancha pra abrir a cabeça dos banhistas.
O melhor programa pra quem vai à praia é chegar bem cedo,
antes do sorveteiro,quando o sol ainda está fraco e as famílias estão chegando.
Muito bonito ver aquelas pessoas carregando vinte cadeiras,
três geladeiras de isopor, cinco guarda-sóis,
raquete, frango, farofa, toalha, bola, balde, chapéu e prancha,
acreditando que estão de férias.
Em menos de cinqüenta minutos, todos já estão instalados,
besuntados e prontos pra enterrar a avó na areia.
E as crianças? Ah, que gracinhas!
Os bebês chorando de desidratação,
as crianças pequenas se socando por uma conchinha do mar,
os adolescentes ouvindo walkman enquanto dormem.
As mulheres também têm muita diversão na praia,
como buscar o filho afogado
e caminhar vinte quilômetros pra encontrar o outro pé do chinelo.
Já os homens ficam com as tarefas mais chatas,
como perfurar o poço pra fincar o cabo do guarda-sol.
É mais fácil achar petróleo do que conseguir fazer o guarda-sol ficar em pé.
Mas tudo isso não conta,
diante da alegria, da felicidade, da maravilha que é entrar no mar!
Aquela água tão cristalina,
que dá pra ver os cardumes de latinha de cerveja no fundo.
Aquela sensação de boiar na salmoura como um pepino em conserva.
A gente abre a esteira velha, com o cheiro de velório de bode,
bota o chapéu, os óculos escuros e puxa um ronco bacaninha.
Isso é paz, isso é amor, isso é o absurdo do calor!
Mas, claro, tudo tem seu lado bom.
E à noite o sol vai embora.
Todo mundo volta pra casa tostado e vermelho como mortadela,
toma banho e deixa o sabonete cheio de areia pro próximo.
O Shampoo acaba e a gente acaba lavando a cabeça com qualquer coisa,
desde creme de barbear até desinfetante de privada.
As toalhas, com aquele cheirinho de mofo que só a casa da praia oferece.
Aí, uma bela macarronada pra entupir o bucho
e uma dormidinha na rede pra adquirir um bom torcicolo
e ralar as costas queimadas.
O dia termina com uma boa rodada de tranca e uma briga em família.
Todo mundo vai dormir bêbado e emburrado,
babando na fronha e torcendo,
pra que na manhã seguinte,
faça aquele sol e todo mundo possa se encontrar no mesmo inferno tropica

Luís Fernando Veríssimo

domingo, 10 de janeiro de 2010

O mar e tu



Sentir em nós
Sentir em nós
Uma razão
Para não ficarmos sós
E nesse abraço forte
Sentir o mar,
Na nossa voz,
Chorar como quem sonha
Sempre navegar
Nas velas rubras deste amor
Ao longe a barca louca perde o norte.

Meu amor
Se você e o mar não estivessem aqui
Eu também não estaria
Meu amor
O amor existe quando nós
estamos próximos a Deus
Amor

No teu olhar
Um espelho de água
A vida a navegar
Por entre o sonho e a mágoa
Sem um adeus sequer.
E mansamente,
Talvez no mar,
Eu feita espuma encontre o sol do teu olhar,
Voga ao de leve, meu amor
Ao longe a barca nua a todo o pano.

Meu amor
Se você e o mar não estivessem aqui
Eu também não estaria
Meu amor
O amor existe quando nós
estamos próximos a Deus
Amor

Meu amor
Se você e o mar não estivessem aqui
Eu também não estaria
Meu amor
O amor existe quando nós
estamos próximos a Deus

A.D.
Vídeo Youtube

Pra vc M.Romano que me deu seu amor e coração e restaurou em mim a confiança no caráter dos homens de bem.
Elsy Myrian

E vamos animar nosso domingo




Amo essa música , além da letra trazer uma mensagem de alegria e positividade a melodia nos conduz a uma vontade enorme de fazer bagunça ser feliz e dançar e muiiiiiiiiiiiiiiiiiiito.

sábado, 9 de janeiro de 2010

Elvis Presley - nascido em 08 de janeiro de 1935



Elvis Aaron Presley (East Tupelo, Mississippi, 8 de janeiro de 1935 - Memphis, 16 de agosto de 1977) foi um famoso músico e ator, nascido nos Estados Unidos da América, sendo mundialmente denominado O Rei do Rock, também conhecido pela alcunha de Elvis The Pelvis, apelido pelo qual ficou conhecido na década de 50 por sua maneira extravagante e ousada de dançar. Uma de suas maiores virtudes era a sua voz, devido ao seu alcance vocal, que atingia, segundo especialistas, notas musicais de difícil alcance para um cantor popular. A crítica especializada reconhece seu expressivo ganho, em extensão, com a maturidade; além de virtuoso senso rítmico, força interpretativa e um timbre de voz que o destacava entre os cantores populares, sendo avaliado como um dos maiores e por outros como o melhor cantor popular do século 20.

Elvis Presley foi mais que um cantor a ator, graças ao seu aparecimento no Mundo da musica que se deu a rão esperada revolução adolescente mais tarde continuada pelos Beatles e outros que entretanto apareceram.

Mas o começo foi com Elvis, a agitação foi com Elvis, e desde que ele lançou, " Thats`all right mama" tornou-se um icone cultural bem vivo e fresco nos dias de hoje, onde cada vez menos existem estes icones culturais marcantes.

Foi nos anos em que não havia misturadoras de som, cada um cantava com a voz que tinha e não havia o famoso playback.

Hoje Elvis é mais que uma cantor, um ator, um simbolo cultural, é um mito!!

O seu legado alem de todas as musicas que cantou, os filmes que fez, deixa atrás de si um homem honesto, e nem o vicio que o matou foi sufeciente para apagar um legado extraordinário.

Este é um mito que não tem a obscuridade, e confesso como admirador confesso que antes de qualquer coisa numa pessoa eu admiro o seu trajéto pela vida.

Elvis tambem éra um homem profundamente ligado ás suas raizes familiares, e o seu ponto de viragem na vida deu-se quando a sua querida e amada mãe faleceu.

Tenho quase todos os seus filmes todos (faltam-me 3) tenho os seus espetaculos gravados na tv e os que fez em Las Vegas, tenho quase todas as suas musicas, pois é nestes exenplos que eu me revejo enquanto homem.

Hoje Elvis faria 75 anos de vida!!

PARABENS ELVIS PRESLEY

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Nosso doce amor


Voltei para casa


Voltei para ti

Para os teus braços

Que me acolhem e me acalmam

Nosso começo é um recomeço

De um amor que já existia entre nós

Como pudemos viver tanto tempo sem o sabor

De nossos beijos?

Sem o cheiro de nossa pela se roçando?

É doce te amar

É doce ser tua

É imensamente prazeiroso

Fazer amor contigo

Até a lua se esconder

Para o sol brilhar novamente

Iluminando nosso amor


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

domingo, 3 de janeiro de 2010

MIL ACESSOS





É meus queridos leitores, um blog que tem apenas 04 meses de vida, é uma vitória consideravel, sinto-me feliz com a aceitação das minhas postagens, isso quer dizer que o trabalho vem sendo bem feito, procuro dar um toque elegante a página mas sempre respeitando o gosto de cada um, 80% das postagens são de minha autoria, inspiradas no amor e na elevação da alma. Espero continuar com essa mesma linha editorial, respeitando cada segmento de nossa sociedade, não só aqui do Brasil mas de todos os países que nos visitam diariamente. Parabéns pra nós e que Deus nos abençôe sempre pra não faltar criatividade e inspiração. Obrigada de coração a todos que acessaram e prestigiaram este Blog e vamos pra 2.000, 3.000 ....

Elsy Myrian Pantoja

sábado, 2 de janeiro de 2010

Paixão sem medidas


Chega à noite
Estamos juntinhos sem vontade de dormir
O prazer se perpetua pela cúmplice madrugada
Que a tudo assiste
E sabe que tão cedo não vamos desistir
E ao romper da aurora
Continuamos a amar e a amar
Sua língua doce acaricia e vicia
Pedindo-me pra continuar
Enfim exaustos
Prostrados... Nossos corpos suados se rendem
E no chuveiro novamente colados
Com vontade de recomeçar

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo