Seguidores

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O AMOR DIVINO




É noite

Caminho nas brumas em silêncio

Meditando no imensurável amor de Deus

É o único amor incondicional

Ele jamais desampara os filhos seus



Quando tudo nos falta

E a alma clama em agonia

É em Deus que deposito

A fé e a esperança na vida



Deus é alegria, força e beatitude

Sua clemência abrange todo universo

E por mais que eu queira

Sou pequena demais pra dedicar-lhe versos


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo