Seguidores

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

MINHAS DIVAGAÇÕES..




A intenção era escrever para vocês uma linda mensagem de fim de semana, mas tudo o que eu consegui foram algumas divagações em torno de  algumas possibilidades...
Talvez eu não tenha nenhuma vocação para escritora. No entanto continuarei dando vazão ao meu impulso de escrever.
Quem sabe eu não terei a chance de escrever o livro que eu sempre  almejei. Mesmo assim continuarei registrando meus momentos de inspiração, aqui ou em qualquer outro lugar.
Pode ser ainda que eu venha a sofrer algumas desilusões na vida. Mas farei que com que elas se neutralizem diante dos gestos de amor de pessoas queridas que me cercam.
Há uma possibilidade de que eu não realize todos os meus sonhos. Isso não impedirá que eu sempre me considere uma vencedora.
Talvez eu esteja envelhecendo rápido demais. Assim mesmo continuarei lutando para que cada minuto tenha valido a pena.
Existe uma chance de, em algum momento futuro, eu vir a sofrer uma queda. Se isso acontecer, acionarei a grande mola que fica no fundo do meu poço.
Pode ser que em um determinado dia o sol deixe de brilhar.  Ai então me contentarei em me banhar na água da chuva.
É possível que algum dia destes eu seja enganada por alguém. Mas nem por isso  deixarei de acreditar no ser humano, pois, sempre haverá quem mereça a minha confiança.
Posso também sofrer alguma injustiça. Mas me lembrarei que tudo o que me acontecer, é apenas o resultado de minhas  ações.
Talvez no decorrer do tempo eu perca algumas amizades. Caso isso aconteça, entenderei que, o que se perde não era realmente para ficar.
É possível que eu não aprenda todas as lições necessárias. Mas serei tolerante para comigo mesma e respeitarei os meus limites.
Pode ser também que um dia eu queira jogar tudo pro alto.  Se isso ocorrer, espero sempre me lembrar de que "sem sacrifícios não existe recompensa".
Há  inclusive uma possibilidade de eu  não conseguir ser o que eu gostaria de me tornar. No entanto, passarei a admirar aquilo que me foi possível ser...

Talvez tudo isto que escrevi não tenha nenhum sentido para quem estiver lendo. No entanto, eu sinto que lavei minha alma, pois, se não era isto que eu queria escrever, era exatamente isto que tinha que ser escrito!

Beijos furtacor e com
sabor do meu bem querer!

Marineide Dan 
http://marciagrega.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo