Seguidores

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Eis o Primeiro


Se nas flores do campo encontro
Tão belo aroma e canto
que ecoam nos versos e prosa
ou repousam no mar de rosas
do teu sublime encanto
Tão belo como isso seria
o Sol que ao raiar do dia
vem à ti enxugar o pranto
desfazendo a lágrima enquanto
transforma a chuva em mar
ou no orvalho do campo
Mais belo ainda seria
se por trás desse véu de agonia
despertar-me-ia o profundo âmago
aquele que sonho acordado
no astral devaneando...
que eu nada seria
além da natureza viva
em contínuo plano
Então profano
olha teu íntimo e espera
retira as vestes e pétalas
que teu corpo é apenas o manto
da alma que em ti revela
o entoar do lúdico canto.


Wes Rocha
Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo