Seguidores

segunda-feira, 5 de julho de 2010

O Amor é uma Semente da Alma






Sinto o Amor como a correnteza de um rio

Que sai arrastando tudo que vê pela frente

Sinto o Amor como uma espada afiada

Que às vezes faz a alma sangrar

Sinto o amor como a sede

E a vontade louca de saciá-la

Mas às vezes esse amor é como um jardim

E nós somos sua semente

O coração descompassado e assustado

Apaixonado jamais aprenderá a dançar

E com medo de perder esse amor

Em algumas manhãs nos recusamos a acordar

O amor é uma prova e poucos conseguem vivenciá-lo

Com medo das estradas longas e das noites vazias

Só os sortudos e afortunados vivem o amor em sua plenitude

E lá nos recônditos da alma está a sementinha

Pronta para florescer como uma linda Rosa

Basta acreditar que o Amor é vital em nossa vida


Elsy Myrian Pantoja













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo