Seguidores

domingo, 24 de abril de 2011

Biografia de Sathya Sai Baba


Educador

Bhagavan Sri Sathya Sai Baba nasceu em 23 de novembro de 1926 em Puttaparthi, uma pequena aldeia do sul da Índia. Desde pequeno, demonstrou extraordinárias qualidades e aptidões que claramente o distinguiam das demais crianças. Sua compaixão, benevolência, sabedoria e generosidade por todos os seres, produziam naqueles que o seguiam, desde sua juventude, profundas mudanças de caráter e conduta. Aos 14 anos comunicou a seus familiares e seguidores que desde esse momento seria conhecido como Sai Baba e que sua missão era promover a regeneração espiritual da humanidade, demonstrando e ensinando os princípios da verdade, retidão, paz e amor. Na tradição antiga da Índia há uma palavra para descrevê-lo: "AVATAR", que significa uma manifestação direta da Graça Divina.

A missão de Sai Baba não inclui a criação de uma nova religião, seita ou culto; pretende estimular e motivar o indivíduo na busca da auto-realização. As pessoas que têm suas próprias crenças devem se aprofundar nelas, sem se perturbarem.

Sua inspiração e orientação têm proporcionado a formação de mais de dez mil centros Sai em todo o mundo, fundado colégios e escolas técnicas, universidades e hospitais.



Um novo caminho evolutivo pela educação

Em 1968 Sathya Sai Baba viu que seu País, a Índia, enfrentava uma crise em cada esfera da atividade humana, o que era um obstáculo ao apropriado desenvolvimento dos adolescente da Nação. Era uma crise moral e espiritual. Por isso Sathya Sai Baba sentiu que o único caminho para ajudar os adolescentes seria reorientar o sistema de educação indiano para nele infundir uma austeridade moral e espiritual.

O primeiro passo foi fundar o Sri Sathya Sai College, em Anantapur (Andhra Pradesh) para meninas, em julho de 1968. O mesmo foi feito para os meninos, em Brindavan, Bangalore (Karnataka), em 1969. Mais tarde, concretizou-se o Sri Sathya College em Prasanthi Nilayam, onde está situado o Ashram de Sathya Sai Baba.

Em todas estas instituições educacionais foi introduzido o sistema integral de valores orientados à educação, mantendo em vista os cinco valores humanos básicos: verdade, ação correta, paz, amor e não violência Sob a orientação de Sathya Sai Baba, e como resultado do dedicado trabalho dos professores e estudantes por um período de 12 anos até 1980, emergiu uma nova teoria e prática em educação integral, que conduz o homem no esforço para a perfeição nas partes física, vital e emocional, intelectual e espiritual de sua personalidade.

O Sri Sathya Sai Institute of Higher Learning foi fundado por Sathya Sai Baba em 22 de novembro de 1981, como uma instituição autônoma credenciada e reconhecida como uma Universidade pelo Ministério da Educação da Índia e pela Comissão de Concessões Universitárias. O Instituto tem agora três campus: Prasanthi Nilayam e Brindavan - para meninos - e o de Anantapur - para meninas.

Falando do propósito do Instituto, disse Sathya Sai Baba:

"A Universidade provererá seus estudantes com a coragem e a determinação necessárias para moldar suas carreiras, valorizando os seus próprios esforços e suas forças internas. A educação espiritual será combinada harmoniosamente com os campos do conhecimento metafísico, físico e ético".

A partir de 1982, a Educação para o Homem Integral passou a ser disseminada em vários países, com o nome de Programa Sathya Sai de Educação em Valores Humanos.

O princípio da Educação em Valores Humanos (EVH) é ensinar o que se pratica. Criador do método, Sathya Sai Baba ressalta que os professores devem se familiarizar com os acontecimentos à sua volta e passá-los adiante aos estudantes sob suas responsabilidades.

"Educação sem caráter é como uma fruta sem suco ou como uma vaca que não fornece leite", explica Baba. "É por esta razão que o professor só pode ensinar após colocar em prática seus ensinamentos. Assim ele estará estabelecendo um ideal para o mundo. Um professor pode ensinar bem, pode mostrar métodos fáceis, mas se sua conduta não estiver de acordo com o que ele diz, ninguém o seguirá, ninguém se importará com ele. O governo pode gastar muito dinheiro, mas não é possível treinar em Valores Humanos. Os Valores Humanos não são passíveis de serem obtidos de um texto e nem fornecidos por qualquer companhia, não podem ser presenteados por amigos e nem comprados no mercado. São uma atitude natural que provém do coração."

Um comentário:

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo