Seguidores

terça-feira, 10 de maio de 2016

Eu não estou vivendo, estou sobrevivendo



Daria tudo agora, pra ter sua presença física aqui do meu lado, senti novamente o teu cheiro, ouvir a tua voz ao chegar em casa com sua luz clareando meu mundo já tão obscuro. Só você tinha a capacidade de me tirar do limbo, alegrar meus dias me dando motivos pra viver. A saudade, a sua ausência me paralisa, perdi a capacidade de sonhar e a vontade de viver. Acredito que estás bem em algum lugar e bem melhor que nós aqui, sobrevivendo com suas lembranças e a esperança de algum dia em algum lugar em outras dimensões a gente se encontre e que não demore esse reencontro.

Elsy Myrian Pantoja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo