Seguidores

domingo, 5 de setembro de 2010

E O INVERNO SE DESPEDE

 
Da minha varanda assisto a fúria do vento descabelando as folhas das árvores, prenunciando a chegada da primavera. Logo os tristes galhos pelados já estarão cheinhos de novos brotos e então as flores anunciaram que a estação mudou. Eu amo esse interlúdio entre uma estação e outra é análoga a nossa vida, sempre há uma ventania entre uma fase e outra.
 
Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google
 
 
 
 
 
 
 
 

Um comentário:

  1. Lindo texto! Mas que pena que o inverno se despede, pois adoro o inverno !
    bjs Lais

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo