Seguidores

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Perdas sem danos



Há determinados períodos de nossas vidas em que ficamos tão cegos de paixão ao ponto de imaginar que sem esse amor não podemos viver. Mas podemos sim, a nossa capacidade de superação é imensa e todos nós temos essa força, basta reagir. Lógico que após passar o impacto da perda há o choque, a negação e a dor que nos paralisa e diminui o nosso animo. Mas ao contrário do que pensamos a vida continua e na maioria das vezes bem melhor sem o peso do comprometimento com algo incerto e duvidoso, pois quando o amor é verdadeiro de ambas as partes tende a se solidificar, sem engodos ou mentiras, em alguns casos esse amor se transforma numa bela amizade. Mas esses são conceitos pessoais, cada um tem uma forma de encarar o término de uma relação, às vezes a dor da perda dura uma vida inteira em outras nem uma semana.

Elsy Myrian Pantoja
imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo