Seguidores

sexta-feira, 16 de abril de 2010

PROMESSAS DE AMOR



Meu amor,

O que dizer a alguém que diariamente dá um colorido especial ao nosso dia, que consegue fazer tudo ficar bem. Minha calma surge no brilho do seu olhar implorando meus afagos que faço questão de lhes dar. Envoltos em nossos compromissos profissionais tudo fica meio insípido, mesmo que o labor nos una ainda mais. É no aconchego de nossa intimidade que te tenho como meu homem e você me tem como tua mulher, plenos inteiros e repletos de paixão. Costumo avaliar esse relacionamento e me questiono de onde vem essa energia avassaladora que nos consome e nos torna ainda mais dependentes um do outro. Não sei mais respirar sem você comigo, as madrugadas de ausência tornam-se uma tortura atroz mesmo que seja uma noite só. Sei que esperas de mim a definição de nossos rumos, mas você sabe que eles já estão definidos, pois fomos feito um para o outro e lamento que só chegando à meia idade tenhamos chegado à conclusão que enfim nos amamos. Não tenha receios bobos, nossa estrada é única e os reflexos de nossos sentimentos estão por toda parte e já não dá para conter essa vontade de vivermos apenas um para outro. Acalme seu coração e vamos seguir o curso traçado pelo destino para nossa história, bem ali já está a nossa realização pessoal só faltam alguns passos que daremos juntos. Beijo-te com ternura e a promessa de jamais abandonar os nossos projetos de vida.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo