Seguidores

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Nossa Senhora da Conceição



Muitos séculos antes de a Igreja Católica proclamar o dogma da Imaculada Conceição de Maria, o povo reconhecia a pureza da Mãe de Deus, concebida sem a mancha do pecado original, e celebrava sua festa a 8 de dezembro.

Segundo a tradição Nossa Senhora apareceu a várias pessoas confirmando a sua Conceição Imaculada e, após a proclamação do dogma pelo santo Padre Pio IX, Maria Santíssima deu-se a conhecer em Lourdes a Bernadette Soubirous dizendo: – “Eu sou a Imaculada Conceição”.
Em Portugal, Nossa Senhora da Conceição possuía grande número de devotos quando seu culto foi oficializado por D. João IV, primeiro rei da dinastia de Bragança, que fora aclamado a 1º de dezembro de 1640, data em que se iniciava a oitava da festa da Imaculada Conceição. Seis anos depois, com a aprovação das Cortes de Lisboa, ele dedicou à Virgem Imaculada o reino português. Em todo o território lusitano, assim como em suas colônias, a festa da Imaculada Conceição de Maria tornou-se oficial e obrigatória.
No Brasil a imagem da Virgem Conceição chegou em uma das naus de Pedro Álvares Cabral. Ela representa Maria Santíssima de pé sobre o globo terrestre, tendo as mãos unidas em oração e os olhos voltados para o céu, esmagando com seus pés uma cobra, símbolo do pecado original (a cobra é símbolo do pecado original porque foi ela quem tentou Eva no paraíso terrestre para desobedecer a ordem de Deus). Os frades franciscanos foram os propagadores desta devoção que se espalhou de norte a sul, pois existem cerca de 533 paróquias a ela dedicadas. Em todas as localidades por onde passaram os filhos de S. Francisco foram construídos templos sob o orago de Nossa Senhora da Conceição, sendo Ela a padroeira de vários Estados brasileiros.
Na Bahia este culto teve início em 1549, quando Tomé de Sousa chegou a Salvador trazendo uma escultura da Santa. A ermida construída na praia, foi depois substituída por uma edificação mais sólida em 1765, toda em pedra de lioz, que dizem ter vindo de Portugal e apenas montada no Brasil. A Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia é uma das mais populares da capital baiana e sua festa é muito concorrida, celebrando-se no dia 8 de dezembro a missa cantada, precedida de novenário e festejos na praça, com barracas e pratos típicos, alegrada por exibições de capoeira e samba de roda.
No Estado do Rio temos a lendária Nossa Senhora da Conceição de Angra dos Reis.
A Virgem da Conceição é um dos oragos mais comuns em Minas Gerais, figurando não somente em pequenas capelas, como nas mais ricas igrejas setecentistas, quando a descoberta do ouro permitiu o desenvolvimento da arte religiosa na província.
Não existe uma só capela filial ou ermida e matrizes de outras invocações onde não exista altar ou imagem da Virgem da Conceição no Estado das Alterosas.
Após ter sido protetora de nosso País no período colonial, a Senhora da Conceição foi proclamada por D. Pedro I, ilustre descendente da dinastia de Bragança, Padroeira do Império Brasileiro. Com o advento da República e já no despontar do século XX, Ela cedeu o seu lugar a Nossa Senhora Aparecida, atual Rainha e Padroeira do Brasil, que é uma antiga imagem da Imaculada Conceição encontrada nas águas do Rio Paraíba do Sul.

Características:
Nossa Senhora, sobre o globo terrestre, esmaga com os pés uma cobra, símbolo do pecado original. Ela está de mãos juntas em atitude de oração e tem os cabelos longos caídos sobre os ombros. Usa uma túnica branca e um manto azul, e muitas vezes se apresenta com uma coroa real. Sob seus pés aparece geralmente um crescente de lua sendo que às vezes a Senhora pisa sobre ele e a cobra envolve a terra. Em algumas imagens, sob os pés da Virgem surgem cabeças de anjos.

A lua que aparece quase sempre sob os pés da Senhora da Conceição simboliza a substância passiva, que guarda em seu seio os raios do Sol. Por esse motivo é também o símbolo da Maria, que guardou em seu seio Jesus, o Deus Encarnado, a Luz Divina.
(retirado de: http://artesanatocosta.com.br/nsra_imacconceicao.htm)

Um comentário:

  1. Essa foi talvez a mais bela postagem nesse blogg.
    Sou muito devoto de Nossa Senhora de Lourdes, e ate sou dono de uma gruta , réplica da original, instalada na cidade de itanhaém, litoral sul de sao paulo, feita por uma tia em 1963, e hoje alem das missas mensais, virou ponto turistico da cidade.
    Parabens por tudo

    rafa

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo