Seguidores

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

MOZART MEU REFÚGIO



No momento Mozart invade todos os recônditos de minha alma. É nas vibrações transcendentais de sua obra que minha inquietude encontra a serenidade e se eleva permitindo que meu ser por alguns instantes ultrapasse todas as agonias inerentes a nós humanos, ao sentir a devastação dos sentimentos agregadores da harmonia que deveriam pautar o vivenciar terreno. Mozart... Meu refúgio em breve instante, o Haiti morre de cólera e o americano obeso já não tem pra onde ir, a Europa tão pomposa veste seda e come angu e aqui na pátria tupiniquim esperamos. Eis a incógnita o que será?

Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Um comentário:

  1. É Elsy, mais uma crônica magnífica, realmente Mozart nos transporta em suas mágicas criações, eleva nosso ser e nos faz olhar o mundo com uma visão diferente.
    Meus parabéns por mais esse belo texto!

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo