Seguidores

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

PREDESTINADOS



Teus cabelos que a pouco desalinhei

Com afagos e meiguices, que só a ti farei

Deste-me o norte, dei-te a firmeza



Juntos no amor, unidos na certeza

Que por muito tempo ainda, seremos

Felizes na plenitude do nosso amor



Nossos sentimentos serão um pacto de corações selados

Companheiros que a vida uniu, estávamos predestinados




Elsy MyrianPantoja
Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo