Seguidores

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Assim apenas assim


Hoje tive dor de perda do que jamais tive
E não sei como explicar isso
Um grande amor, uma grande paixão
Amor de mãe, mimos de avós
Sempre que preciso de afagos
Estou muito só
Absolutamente só...


Elsy Myrian Pantoja
Imagem Google

Um comentário:

  1. Nao sei quem escreveu mas nao importa pois tem aqui um ombro amigo,e nao estará so.tens meu ombro.bj anonima poetisa.

    ResponderExcluir

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo