Seguidores

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Ararinha sem ninho


Ave perdida, nas asas do vento....
Ararinha quase extinta, encolhida de dor
Onde está o meu amor?
Hoje me sinto um pardalzinho comum
Sem o lindo canto do sabiá...
Meu ninho, no escuro da noite
Não consigo encontrar.

Elsy Myrian Pantoja
Imagem pesquisa Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coletânea de poemas de vários autores - Trabalho Primoroso da Poetisa Luna de Primo